Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2018
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Sporting - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"Juve Leo está sequestrada por gangues de marginais liderados por BdC"

O antigo líder da Frente Nacional acusa ainda a Juve Leo de usar o grupo "como plataforma para o narcotráfico com o aval das autoridades policiais".

"Juve Leo está sequestrada por gangues de marginais liderados por BdC"
Notícias ao Minuto

14:53 - 12/06/18 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto Mário Machado

Mário Machado escreveu esta terça-feira na sua página de Facebook os motivos que o levam a apresentar a sua candidatura à liderança da claque Juventude Leonina, acusando o grupo organizado de ter engendrado  "o ataque a Rui Patrício com as 'tochas', e o 'ataque em Alcochete', que veio criar uma instabilidade brutal no clube com o culminar da saída de valiosos activos, com a 'justa causa' a referir sempre esse acto de violência".

O antigo líder da Frente Nacional sublinhou ainda que a "claque está sequestrada por gangues de marginais liderada pelo atual presidente", acusando os seus elementos de usar a Juve Leo "como plataforma para o narcotráfico com o aval das autoridades policiais, nomeadamente o departamento de informações da PSP em Alcântara".

A oferta de "bilhetes para jogos a elementos dos NoName", "provocaram financeiramente ao clube o maior rombo da sua historia com o ataque de Alcochete e saída de jogadores", "ameaçaram, insultaram e agrediram, dezenas de sportinguistas ao longo destes 10 anos, tendo inclusive "proibido" a entrada na Curva Sul de vários, e colocado os perfis de facebook de adeptos da Juve, na "casinha" (sede), a incentivar à sua agressão", são mais algumas das acusações de Mário Machado que aponta o dedo diretamente ao atual líder da Juve Leo.

"A nível de carácter, o presidente da claque tem falhas gravíssimas que o acompanham desde o cumprimento de pena no Linhó onde era o delator do Director Couto Guimas, e teria comportamentos homossexuais com os miúdos mais novos que entravam no Estabelecimento Prisional. Essa propensão para a delação foi depois confirmada com o processo em que é co-arguido com Paulo Cristóvão entre outros, e denunciou todos os intervenientes recebendo o estatuto de colaborador activo, tendo inclusive sido o responsável pela prisão do seu meio-irmão. É um compulsivo consumidor de estupefacientes. Suporta um estilo de vida milionário, e sustenta 3 companheiras, com o dinheiro da claque, que rondará cerca de 30.000 euros por mês. Não domina o português e tem grandes dificuldades em se exprimir o que chega a ser embaraçante e uma vergonha para a Instituição JL", pode ler-se na publicação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.