Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 6º MÁX 8º

Edição

Contrabaixista João Hasselberg apresenta projeto Spectral Songs

O contrabaixista português João Hasselberg apresenta esta semana em Portugal Spectral Songs, projeto de música de improvisação do qual fazem parte músicos da Letónia, Polónia e Noruega e cujo disco de estreia será gravado no início de 2018.

Contrabaixista João Hasselberg apresenta projeto Spectral Songs
Notícias ao Minuto

11:30 - 06/12/17 por Lusa

Cultura Música

O projeto nasceu em janeiro deste ano em Copenhaga quando o grupo estava a estudar na capital dinamarquesa, contou o músico em declarações à Lusa, recordando que Spectral Songs surgiu 'um bocado por acaso'.

'O pianista chamou três músicos com quem ele gostava de tocar normalmente a dois, para experimentar, ver o que é que acontecia, e correu bem então decidimos repetir', disse Hasselberg.

Após alguns concertos em Copenhaga, Spectral Songs chegou a Portugal. Depois de apresentações em Coimbra, no dia 01 de dezembro, e na Parede, no dia 03, o quarteto apresenta-se hoje no Porto, no Passos Manuel, na quinta-feira em Évora, no Teatro Garcia de Resende, na sexta-feira nas Caldas da Rainha, no Centro Cultural e de Congressos, e no sábado em Lisboa, no Hot Clube de Portugal.

Dos espetáculos, o público pode esperar 'bonitos momentos de música e coisas que provavelmente nunca ouviu'. 'É isso que eu espero que aconteça, que possamos entregar ao público alguma coisa que nunca tenham presenciado', disse.

Aos que não estão familiarizados com a música de improvisação, João Hasselberg deixa um conselho: 'Acima de tudo é não terem medo e ouvirem'.

O músico compara a audição de música de improvisação com um gesto comum. 'É a mesma coisa que pegarem num papel e numa caneta e começarem a desenhar enquanto estão a falar ao telefone. É exatamente a mesma coisa, só que é com música em vez de ser um desenho'.

João Hasselberg considera que 'não há que ter uma educação especial, nem que estar habituado, se a música for bem feita, se a Arte em si for bem feita, chega a todos, aos que estão habituados e aos que não estão habituados'.

Em Spectral Songs, o contrabaixista toca com Rudolfs Macats (piano), da Letónia, Jedrzej Lagodzinski (saxofone), da Polónia, e Simon Albertsen (bateria), da Noruega.

O músico, cuja vida se divide entre Lisboa e a Noruega, tem projetos com o guitarrista Pedro Branco, com quem editou 'Dancing Our Way To Death' (2016) e 'From Order To Chaos' (2017), e o pianista e compositor Luís Figueiredo, com quem forma o duo Birdsong.

Além disso, faz parte das bandas que acompanham Tiago Bettencourt e Luísa Sobral, tocando baixo elétrico, está a fazer um projeto a solo de contrabaixo e eletrónica e a trabalhar com uma companhia de teatro do Porto.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório