Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2017
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

'Títeres de Ciência' estreiam espetáculo no próximo domingo em Estremoz

Um espetáculo de marionetas que "explora uma fusão entre a tradição popular e a ciência" tem estreia marcada para domingo no Teatro Bernardim Ribeiro, em Estremoz, numa iniciativa do Centro Ciência Viva (CCV) da cidade.

'Títeres de Ciência' estreiam espetáculo no próximo domingo em Estremoz
Notícias ao Minuto

11:27 - 23/11/17 por Lusa

Cultura Teatro

Inspirado no modelo dos "célebres" Bonecos de Santos Aleixo, marionetas tradicionais manipuladas por atores do Centro Dramático de Évora (Cendrev), o espetáculo dos 'Bonecos das Maltezas, Títeres de Ciência' é dedicado à temática 'Auto do Universo, o Sistema Solar'.

Este espetáculo, apresentado domingo, a partir das 16h00, pela companhia de teatro Centelha Criativa, do Porto, com entrada gratuita, está integrado na Semana Nacional da Ciência e Tecnologia.

"Personagens de caráter popular como o Mestre-Salas e o Padre Chancas, dos Bonecos de Santo Aleixo, interagem com outras personagens, reais da história da ciência, como Aristóteles, Ptolomeu, Copérnico, Galileu, Tycho Brahe, Kepler, Newton e Einstein, para em conjunto explicarem e contarem a evolução das várias e diferentes teorias da constituição do Sistema Solar", explica o CCV de Estremoz, no distrito de Évora.

O projeto 'Bonecos das Maltezas, Títeres de Ciência' pretende criar uma série de espetáculos por todo o país com conteúdos científicos e tecnológicos, utilizando títeres tradicionais como forma privilegiada de transmissão de conhecimentos, fazendo a "fusão de uma forma inovadora entre a tradição artística popular e a ciência atual".

"Enquanto ferramenta de divulgação da atividade artística com linguagem científica, os 'Bonecos das Maltezas' são uma criação que cruza duas vertentes de conhecimento, o popular/tradicional e o científico", explica o CCV de Estremoz, reconhecendo que foi através dos Bonecos de Santo Aleixo, um género de teatro popular no Alentejo, "que se inspirou a concretização desta fusão".

O projeto 'Bonecos das Maltezas, Títeres de Ciência', segundo o CCV, ganhou o terceiro lugar na categoria "projetos em fase de elaboração e/ou planeamento" da sexta edição do Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus, promovido pela Ibermuseus, sediada no Brasil, entre 147 projetos a concurso em 2015, provenientes de 12 países.

Os Bonecos de Santo Aleixo foram em 1980 "tirados do esquecimento" pelo Cendrev, que "até hoje dinamiza este importante património cultural do Alto Alentejo".

À semelhança dos bonecos tradicionais, nos 'Bonecos das Maltezas' a forma de comunicação privilegiada são os autos, espetáculos normalmente de curta duração sobre um tema específico.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório