Meteorologia

  • 25 JULHO 2017
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

Ministro da Cultura felicita Marta Mateus pelo Grande Prémio do 'Curtas'

O ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, felicitou hoje, em comunicado, a realizadora Marta Mateus pela atribuição do Grande Prémio da Competição Internacional, do 25.º Festival Curtas Vila do Conde, com o filme "Farpões Baldios".

Ministro da Cultura felicita Marta Mateus pelo Grande Prémio do 'Curtas'
Notícias ao Minuto

21:58 - 17/07/17 por Lusa

Cultura Vila do Conde

No comunicado, Castro Mendes recorda que esta curta-metragem, que é a estreia de de Marta Mateus, tinha já sido apresentada na Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cannes, deste ano e "tem apoio do Estado, concedido através do Instituto do Cinema e do Audiovisual.

O documentário 'Farpões Baldios', da portuguesa Marta Mateus, ganhou o Grande Prémio do 25.º Curtas Vila do Conde, no valor de 2.000 euros, foi anunciado no domingo último.

O documentário 'Farpões Baldios', segundo o júri do concurso, é "um filme que revivifica uma linhagem de obras onde a infância desbloqueia os sofrimentos, os erros e a virtualidades do passado".

Na competição nacional, o júri do Curtas de Vila do Conde distinguiu o filme de João Pedro Rodrigues 'Où en êtes-vous', um prémio no valor global de 2.500 euros.

O Prémio Animação foi atribuído ao filme 'My burden', da sueca Niki Lindroth Von Bahr, o Prémio Documentário foi para o filme 'O Peixe', do brasileiro Jonathas de Andrade, e o filme 'Les Îles', do francês Yann Gonzalez, conquistou o Prémio Ficção.

O Prémio do Público, no valor de 1.000 euros foi atribuído ao filme 'Retouch', do iraniano Kaveh Mazaheri.

O júri afirmou que, para ser considerado o melhor filme, tem de ser "capaz de fazer explodir tudo e o mais depressa possível" e que esta película de João Pedro Rodrigues "debate-se brilhantemente com o autorretrato da humanidade por ela própria, empreendimento geral que é o cinema, ao mesmo tempo que desloca os princípios da autobiografia".

O Festival Internacional de Curtas de Vila do Conde termina no domingo a sua 25.ª edição, na qual se assumiu como um "barómetro da produção portuguesa", incluindo uma competição nacional com 16 dos mais recentes trabalhos de vários realizadores premiados.

João Salaviza, Laura Gonçalves e Xá, Diogo Vale, Carlos Conceição, Salomé Lamas, Vítor Hugo, Marta Mateus, Francisco Carvalho, Luís Costa, Gabriel Abrantes, João Pedro Rodrigues, Jenna Hasse, Marta Monteiro, Paulo Patrício, Gonçalo Almeida e Mónica Lima foram os realizadores da competição nacional.

A competição internacional contou com Jia Zhangke, Ben Rivers, Yann Gonzalez, Hu Wei, Laura Poitras, a dupla Caroline Poggi e Jonathan Vinel, Laura Ferrés, Jonathas de Andrade e Toru Takano.

O festival fez uma retrospetiva integral do cineasta francês F.J. Ossang, que dirigiu em Portugal o seu mais recente filme, '9 Doigts', em coprodução com O Som e a Fúria, anunciado esta semana para o Festival de Locarno.

Campo obrigatório