Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Há Trump e há Temer. O que já escasseia é enredo para 'House of Cards'

Robin Wright, que interpreta Claire Underwood na série da Netflix, brincou, em Cannes, com as peculiaridades da atualidade política norte-americana.

Há Trump e há Temer. O que já escasseia é enredo para 'House of Cards'
Notícias ao Minuto

16:38 - 19/05/17 por Anabela de Sousa Dantas

Cultura Série

A divulgação de um áudio do atual presidente do Brasil, Michel Temer, a oferecer suborno por uma delação voltou a agitar as turvas águas políticas brasileiras. E do mundo, porque a atualidade política de Terras de Vera Cruz vai estando na berlinda como uma espécie de barómetro do alcance e do impacto da corrupção em entidades públicas e privadas.

A norte, nos Estados Unidos, está Donald Trump, um mestre de parangonas nato, que se encontra num braço de ferro com alguns focos de investigação dos seus próprios serviços secretos e polícia federal, o FBI.

‘House of Cards’, a série de ficção norte-americana que incide sobre estes mesmos temas, não pode ignorar a realidade, até porque – convenhamos – começa a ameaçar a ficção.

Num painel da Vanity Fair, em Cannes, a atriz que interpreta Claire Underwood, Robin Wright, respondeu a uma pergunta sobre o futuro da série da seguinte forma: “O Trump roubou todas as nossas ideias para a sexta temporada. A sério...”.

Recorde-se que chega este ano a quinta temporada da série criada em 2013 e a produção está atenta. Quando se noticiou a existência de provas de corrupção por parte de Temer, a conta de Twitter oficial da série até escreveu em português.

Na página de Facebook brasileira de ‘House of Cards’ também foi feita uma referência – ainda que velada – aos acontecimentos. E os fãs brasileiros repararam.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório