Festival Europeu de Documentário Científico arranca hoje

Mais de trinta filmes europeus, sobre o desastre de Chernobyl, sobre o espaço, o cérebro ou a bioluminescência, vão ser exibidos a partir de hoje, em Lisboa, no Festival Europeu de Documentário Científico.

© Reuters
Cultura Lisboa

A nova edição do festival acontece até domingo, no Pavilhão do Conhecimento e na Cinemateca Júnior, que acolherá a maioria das sessões de cinema - gratuitas -, e que tem por objetivo aproximar um cinema temático, para lá da comunidade científica, a todos os tipos de públicos.

PUB

O festival começou por ser itinerante, já aconteceu em várias cidades europeias, incluindo Lisboa, em 2012, e é agora co-organizado em Portugal pelo Centro de Ciência Viva, pela associação Apordoc e pelas organizações de investigação e divulgação científica EuroPAWS e EuroScience.

Entre os mais de trinta filmes selecionados estão, por exemplo, 'A metafísica dos chocolates', de 1967, assinado por José Fonseca e Costa, 'David Attenborough's light on earth' (2016), de Martin Dohn, Joe Loncrain e Paul Reddish, e 'Chernobyl - 30 years after - The supressed didaster' (2016), de Ranga Yogeshwar.

A estes filmes juntam-se ainda alguns episódios da série de animação 'Era uma vez... A Vida', de Albert Barillé.

A programação está dividida em várias temáticas, como ambiente, física e pesquisa médica.

Haverá ainda um serviço educativo vocacionado para o público escolar, "apostando na formação de público e na relação da comunidade escolar com o género documentário e com a ciência", afirma a Apordoc em comunicado.

No Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva está marcada a palestra "Crocodilos, sexo e cicatrizes", de Mark Ferguson, director da Science Foundation Ireland.

Toda a programação do Festival Europeu de Documentário Científico de Lisboa está disponível aqui.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS