Fernando Pessoa e a sua relação com Lisboa em exposição em Madrid

A exposição 'Pessoa/Lisboa', sobre a relação entre a figura mais representativa da poesia portuguesa do século XX e a capital portuguesa, é inaugurada na quinta-feira no reputado Círculo das Belas Artes, no centro de Madrid.

© DR
Cultura Espanha

A mostra é sustentada por uma série de "materiais audiovisuais", sendo a peça mais importante, segundo os organizadores, um documentário que explora os principais lugares ou pontos de referência de Fernando Pessoa, em Lisboa.

PUB

A obra confronta várias datas com 22 locais da capital portuguesa, na sua maioria casas em que viveu, e faz referência a lugares ligados à sua escrita, como a rua dos Douradores ou o café/restaurante Martinho da Arcada, na praça do Comércio.

A exposição, que pode ser visitada até 05 de março de 2017, também tem um "Atlas", uma ferramenta informática que permite navegar através de uma grande seleção de textos de Fernando Pessoas, que estão unidos por hiperligações ("hyperlinks" em inglês) informáticas.

O Atlas tem ainda um índice de vozes ligadas a vários textos selecionados de Pessoa, relacionados com Lisboa ou com as suas referências culturais.

Os textos podem ser consultados em função de seis grandes categorias: Sensualismo, Noite, Cidade, Fármacos, Panteísmo e Leituras/Estética.

É ainda possível procurar esses fragmentos através de "conceitos capitais" da obra de Fernando Pessoa (amor, morte, realidade, sonho ou verdade), ou realizar uma busca a partir das suas obras ou do índice de termos.

"Esta seleção de fragmentos pretende sublinhar a importância da faceta poética de Pessoa que, por alguma razão, até agora, era pouco conhecida da língua castelhana, e também oferecer umas 'portas de entrada' à sua obra", de acordo com os responsáveis pela exposição.

No âmbito desta mostra, o Círculo das Belas Artes também recebeu, no domingo passado, a montagem teatral da "Ode Marítima", com o ator português Diogo Infante.

O Círculo das Belas Artes é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 1880, que tem sido uma referência de gestão, difusão e criação cultural em Espanha.

A exposição "Pessoa/Lisboa" foi pensada e criada por esta entidade, tendo sido integrada na programação da Cultura/Portugal, uma mostra anual da cultura portuguesa em Espanha organizada pela embaixada em Madrid e pelo Instituto Camões.

Fernando Pessoa, poeta, ensaísta e tradutor, nasceu em Lisboa, em 1888, e faleceu na mesma cidade, a 30 de novembro de 1935, há exatamente 81 anos, sendo considerado a figura mais representativa da poesia portuguesa no século XX.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS