Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 25º

Cultura portuguesa celebrada em Nova Iorque com vários eventos

Nova Iorque será novamente palco este verão de vários eventos culturais portugueses promovidos pelo Arte Institute, com o Portugal in Soho a inaugurar no domingo a agenda cultural, com foco na herança lusitana na "cidade que nunca dorme".

Cultura portuguesa celebrada em Nova Iorque com vários eventos
Notícias ao Minuto

00:00 - 25/06/24 por Lusa

Cultura Cultura

Recriando os pontos de encontro da comunidade portuguesa do Soho - um bairro localizado em Manhattan -, o Arte Institute pretende com este evento recriar uma viagem no tempo e no espaço, recuando à época em que os emigrantes portugueses faziam desta zona da cidade norte-americana o seu ponto de chegada, em busca duma vida melhor na América.

Oficinas e atividades gratuitas para crianças e estudantes de língua portuguesa, assim como espetáculos, literatura e gastronomia portuguesas são alguns dos atrativos que o público poderá encontrar neste evento que terá lugar na Sullivan Street a partir das 11:30 (hora local, 16:30 em Lisboa) e que terá o Brasil como país convidado.

Dois dias depois, a 02 de julho, será a vez de o cinema português estar em destaque através do NY Portuguese Short Film Festival, aquele que foi o primeiro festival português de curtas-metragens nos Estados Unidos.

Apresentando as mais recentes produções de curtas-metragens de realizadores e escritores portugueses, o NY Portuguese Short Film Festival levará dez filmes Lincoln Center de artes performativas, entre ficção, animação e documentário.

Os filmes selecionados para a mostra deste ano são "The Wide Eyed Girl and the Long Legged Boy", de Maria Hespanhol, "The Smotherer" de Silvana Torricella, "Dead End by Helena Duarte", de Lara Marjo e Júlia Leite, "Daughters of the Fatherland" de Catarina Almeida, e "You are the Dust" de Micael Luís Espinha.

Estarão ainda em exibição "The foam and the lion", de Claúdio Jordão, "A minha casa tem janelas" de Leonor Faria Henriques, "Carta ao Pai" de Rafael Ferreira, "The Magnificent Woman", de Mia Tomé, e "Fisrt Times at Coney Island", de Joana Botelho.

O NY Portuguese Short Film Festival, produzido pelo Arte Institute, "tem sido uma montra única e inédita para a marca Portugal, para o cinema português contemporâneo, e tem aberto portas a novos realizadores nacionais", destacou a organização do evento num comunicado enviado às redações.

O Arte Institute promoverá ainda a dança e música portuguesas nos dias 01 e 07 de julho, respetivamente, com apresentações de artistas portugueses no SummerStage, um festival de artes ao ar livre a decorrer no icónico Central Park.

A dança contemporânea portuguesa chega assim ao Central Park através do espetáculo "Corrente", de Beatriz Mira e Tiago Barreiros, no dia 01 de julho.

Já a música portuguesa ficará a cargo da artista DaChick, que se apresentará a 07 de julho.

"O SummerStage é um evento CityParks, no qual o Arte Institute se assume como parceiro no âmbito da inclusão da música portuguesa no programa. E este ano é com enorme alegria e satisfação que vemos pela primeira vez a inclusão da dança contemporânea portuguesa neste palco, que é um momento importantíssimo para Portugal", indicou a diretora do Arte Institute, Ana Miranda, citada no comunicado.

"Novamente o Arte Institute pretende criar no início de julho um grande momento para Portugal e para a cultura portuguesa contemporânea, que dará uma grande visibilidade ao nosso país, à sua música, à sua dança, às suas artes visuais e à sua herança e tradição", acrescentou.

Ana Miranda defendeu ainda que o facto de qualquer um destes eventos acontecer há já vários anos é uma prova da sustentabilidade que projetos desta natureza conseguem alcançar, "fazendo a ponte entre o que deixaram na cidade os primeiros portugueses em Manhattan e aquilo que traz a atual geração de artistas nacionais".

Paralelamente a estes eventos em Nova Iorque, o Arte Institute apresenta também a exposição "Freedom", em parceria com o aeroporto Aeroporto Internacional Washington Dulles e com o VisitPortugal, que dá continuidade ao projeto Arte Box da mesma organização.

Fundado em 2011, o Arte Institute é uma organização pioneira, independente e sem fins lucrativos, sediada em Nova Iorque, que dinamiza a produção e difusão de artistas e projetos de arte e cultura contemporânea portuguesa.

Leia Também: Dança levada por portugueses oficializada como cultura nacional do Brasil

Recomendados para si

;
Campo obrigatório