Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Biblioteca Municipal de Beja assinala 150 anos da sua fundação

A Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago assinala esta sexta-feira os 150 anos da fundação com um conjunto de iniciativas, como conversas com escritores, poetas e uma performance poética para crianças, foi hoje divulgado.

Biblioteca Municipal de Beja assinala 150 anos da sua fundação
Notícias ao Minuto

06:39 - 21/06/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

Cultura Beja

Esta sexta-feira, pelas 18h30, 'Há poesia no jardim' com André Osório, seguindo-se, pelas 21h30, uma performance literária subordinada ao tema 'Micro Contos, encontros e contra pontos', com Pedro Lamares.

Neste dia em que se cumpre a passagem dos 150 anos da fundação da Biblioteca Municipal de Beja, estão anunciadas duas sessões de performance poética 'Poesia à la carte' com a Andante Associação Artística, contando a ação com a participação da chefe Andantinni.

As sessões vão decorrer entre as 11h30 e as 13h00 e, no período da tarde, entre as 14h30 e as 17h00.

O escritor José Luís Peixoto é outro dos convidados, estando anunciado para uma conversa com Maria Luísa Francisco, pelas 18h30.

Ainda na sexta-feira, pelas 19h00, a escritora Lídia Jorge vai estar à conversa com Bernardo Mendonça, seguindo-se, pelas 20h00, uma conversa entre a escritora espanhola Irene Vallejo com Gonçalo Tavares.

As passagens por Beja de José Luis Peixoto, Lídia Jorge e Irene Vallejo têm como tema 'Grandes nomes da literatura portuguesa'.

Já no sábado, pelas 16h00, e depois mais tarde, pelas 17h30, decorrerá uma performance poética para crianças intitulada 'Afinal...o gato?', com a Andante Associação Artística.

Por último, pelas 18h00, tendo como tema 'Os livros impossíveis', vai estar na Biblioteca Municipal de Beja a jornalistas venezuelana Adriana Ciccaglione.

A Biblioteca Municipal de Beja - José Saramago, foi fundada no dia 21 de junho de 1874 no Paço Episcopal.

A história da biblioteca, segundo a Câmara de Beja, é marcada pelo seu "destino de andarilha", tendo funcionado no século XIX nos Paços do Concelho, no século XX nas arcadas do edifício do Convento da Conceição, edifício das repartições públicas e, posteriormente, no edifício dos serviços técnicos da câmara municipal e no edifício do arquivo distrital, onde permaneceu até abril de 1993.

No dia 30 de abril de 1993, foi inaugurada num novo edifício, onde se mantém até hoje, tendo sido em novembro de 1998 a primeira biblioteca a quem José Saramago deu o nome.

Em 2019, a Biblioteca Municipal de Beja com a Fundação José Saramago, criaram a Rede de Bibliotecas José Saramago, que reúne as bibliotecas que têm o nome do escritor.

Leia Também: Jardim de Verão regressa a Lisboa com concertos e filmes de entrada livre

Recomendados para si

;
Campo obrigatório