Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 26º

Presidência da associação gestora de Évora2027 decidida no dia 1 de julho

O presidente da associação que vai gerir a Capital Europeia da Cultura Évora2027 deverá ficar decidido na assembleia geral marcada para o dia 01 de julho, revelou hoje o presidente da câmara municipal.

Presidência da associação gestora de Évora2027 decidida no dia 1 de julho
Notícias ao Minuto

18:42 - 19/06/24 por Lusa

Cultura Évora2027

Em declarações à agência Lusa, o presidente do município alentejano, Carlos Pinto de Sá, indicou que o processo de escolha do dirigente "teve o seu caminho e terá, em princípio, a sua fase final nessa assembleia geral".

"Não gostaria de me pronunciar publicamente antes da reunião da assembleia geral da associação", respondeu o autarca, quando questionado pela Lusa sobre se há acordo em relação ao nome indicado pelo Governo para liderar a associação Évora2027.

A assembleia geral vai realizar-se a partir das 14:00 do dia 01 de julho nas instalações municipais situadas no largo Alexandre Herculano, em Évora.

Em reunião de câmara, no final de maio passado, o presidente da autarquia revelou que a ministra da Cultura, Dalila Rodrigues, lhe tinha comunicado o nome da pessoa que o Governo queria na presidência da associação.

Na altura, várias fontes ligadas à associação Évora2027 adiantaram à Lusa que o Governo tinha indicado para o cargo o nome de Maria do Céu Ramos, atual secretária-geral da Fundação Eugénio de Almeida (FEA).

A Lusa contactou então Maria do Céu Ramos, que se escusou a fazer comentários.

Hoje, o presidente da Câmara de Évora realçou que a assembleia geral também terá que decidir a escolha dos diretores financeiro e de comunicação, sem esclarecer se haverá decisões sobre essa matéria na reunião do dia 01 de julho.

Já para os cargos de diretor executivo e de diretor artístico, a seleção será feita através de um concurso público internacional.

"Este processo burocrático já se arrasta desde fevereiro devido à alteração do Governo, mas os trabalhos à volta da Capital Europeia da Cultura têm continuado a bom ritmo e têm sido dados passos significativos para a concretização do programa", frisou.

O Estado, a Câmara de Évora e mais seis instituições, incluindo a FEA, que já faziam parte da comissão executiva da candidatura, são os fundadores da associação, cujo decreto-lei de criação foi publicado em Diário da República no final do ano passado.

A mesa da assembleia, que vai, para já, funcionar como comissão instaladora, é presidida pela Câmara de Évora e tem na vice-presidência a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo e, como secretário, a Universidade de Évora.

Já a direção tem os cargos de presidente, que será escolhido por acordo entre Governo e município, e também de diretores executivo, artístico, comunicação e financeiro.

Évora foi nomeada Capital Europeia da Cultura em 2027 juntamente com Liepaja, na Letónia.

Com um total de cerca de 49 milhões de euros, a dotação financeira de Évora 2027 é composta por 15 milhões do Orçamento do Estado, 10 milhões de fundos europeus, quatro milhões do Turismo, cinco milhões para territórios envolventes e os restantes 15 milhões são subscritos pelo município e parceiros.

Leia Também: Governo comunica nome para presidência da associação gestora de Évora2027

Recomendados para si

;
Campo obrigatório