Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 32º

Festival de Piano de Oeiras com "cartaz de luxo" e entrada livre

O 7.º Festival Internacional de Piano de Oeiras (FIPO), com início no dia 30, apresenta um "cartaz de luxo" com nomes como Piotr Anderszewski, Yoav Levanon, Yulianna Avdeeva e Yeol Eum Son.

Festival de Piano de Oeiras com "cartaz de luxo" e entrada livre
Notícias ao Minuto

23:31 - 16/06/24 por Lusa

Cultura Música

O evento cultural tem entrada livre e vai decorrer todos os domingos, às 18:00, até dia 28 de julho, no Auditório Ruy de Carvalho, em Carnaxide.

Segundo a organização, na edição deste ano do FIPO vão participar pianistas do circuito mundial como Piotr Anderszewski, Yulianna Avdeeva, Yeol Eum Son e Yoav Levanon.

"Só é possível atrair para o festival de Oeiras um naipe de pianistas tão prestigiado mundialmente porque eles aderiram ao projeto artístico do FIPO e da Academia de Música Flor da Murta, que o organiza todos os anos", afirmou a pianista Teresa Palma Pereira, que dirige o festival.

A responsável salientou que, nos roteiros internacionais, o festival "passou a ser associado a recitais que, para além da excelência técnica dos executantes, têm na emotividade das interpretações a sua imagem de marca".

O cartaz inclui a participação do jovem pianista de 20 anos Yoav Levanon, que a Diapason Magazine afirmou "ter tudo para se tornar um dos maiores pianistas deste século".

Também marcam presença a pianista russa Yulianna Avdeeva, prémio Chopin, a sul-coreana Yeol Eum Son, laureada no concurso internacional Tchaikovsky para jovens pianistas, e Piotr Anderszewski, que a Gulbenkian apresenta como "um dos maiores pianistas do nosso tempo".

A pianista Teresa Palma Pereira, premiada em concursos internacionais e diretora artística do FIPO, completa o elenco que, ao longo de um mês, promete encher o Auditório Ruy de Carvalho com a "melhor música para piano".

"O programa do FIPO deste ano procura aquilo que Roland Barthes designa como o 'corpo musical', ou seja, a autonomização da música criada por cada compositor através da interpretação dos pianistas e da sua partilha com a assistência", adiantou a responsável.

O festival abre no dia 30, com um recital de Teresa Palma Pereira, que irá tocar Mozart, Chopin, Liszt, Albéniz e Tchaikovsky, terminando com a Sherezade de Rimsky-Korsakov.

No dia 07 de julho será a vez de Yeol Eum Son, que apresentará "um programa muito original, com várias peças de pianistas que também foram compositores, como Alicia de Larrocha, Paderewski, Weissenberg, F.Gulda, Wild e Rachmaninov".

A 14 de julho, Yoav Levanon "interpretará um programa composto por peças de Bach, Chopin - e esse grande desafio para qualquer pianista que são os 'Estudos Transcendentais' de Liszt".

"Yoav Levanon vai executar ainda uma obra que o compositor e pianista canadiano Marc-André Hamelin escreveu especialmente para ser tocada por ele", acrescentou a organização.

A pianista Yulianna Avdeeva atua no dia 21 de julho, interpretando Chopin e Liszt.

No encerramento do festival, 28 de julho, estará o pianista Piotr Anderszewski, com um programa que "relacionará Beethoven, Szymanowski, Bartók e Bach", prometendo "uma visão de conjunto" das diferentes obras durante o recital.

As pianistas Yulianna Avdeeva e Teresa Palma Pereira serão ainda responsáveis pelas masterclasses do FIPO, que são "cada vez mais procuradas por jovens pianistas e alunos avançados de escolas da Ásia, Austrália e Europa".

As masterclasses serão ministradas de 18 a 22 de julho, no Palácio da Flor da Murta, em Paço de Arcos.

Este ano, o FIPO também propõe um curso intensivo para iniciantes na aprendizagem do piano de todas as idades, dirigido por Teresa da Palma Pereira, que decorrerá entre 09 e 12 de julho.

A entrada no festival é gratuita, mas requer inscrição prévia em https://www.fipoeiras.com.

Leia Também: Polícia toca piano para acalmar idosa que sofreu tentativa de assalto

Recomendados para si

;
Campo obrigatório