Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

Escritor romeno Mircea Cartarescu vence prémio literário de Dublin

O escritor romeno Mircea Cartarescu venceu o prémio literário de Dublin, com a obra "Solenoid", traduzida por Sean Cotter para o inglês, anunciou hoje a organização do galardão no valor de 100 mil euros.

Escritor romeno Mircea Cartarescu vence prémio literário de Dublin
Notícias ao Minuto

16:31 - 23/05/24 por Lusa

Cultura Literatura

Nos finalistas já não estava nenhum título de autores lusófonos, depois de os brasileiros Itamar Vieira Júnior e Stênio Gardel e de o moçambicano Mia Couto não terem sido selecionados de uma primeira lista de nomeados.

Para além do vencendor, os romances finalistas eram "Old God's Time", do escritor irlandês Sebastian Barry, "Haven", da também irlandesa Emma Donoghue, "If I Survive You", do escritor norte-americano Jonathan Escoffery, "The Sleeping Car Porter", da romancista canadiana Suzette Mayr, e "Praiseworthy", da escritora aborígene australiana Alexis Wright.

Mircea Cartarescu é escritor, professor e jornalista, nascido em Bucareste, em 1956, tendo já publicado mais de 25 livros, segundo a biografia publicada pela organização do prémio.

Antes, recebeu o prémio Formentor, o prémio Thomas Mann, o prémio do Estado Austríaco para a Literatura e o prémio Vilenica, entre muitos outros.

"Solenoid" foi nomeado ao prémio internacional de Dublin pela bilbioteca de Cluj, na Roménia, e baseia-se na vida do próprio autor para retratar a Roménia dos anos 1970 e 1980, incluindo o "sistema de saúde assustador, os absurdos do sistema educativo e a miséria da vida familiar", segundo a sinopse.

O New York Times, na crítica publicada em dezembro de 2022, referia-se ao livro como uma obra que talvez possa ser "lida como um romance de detetives surreal, embora seja um de uma dimensão existencial e vasta".

Em Portugal, Mircea Cartarescu tem dois livros publicados: "Porque gostamos das mulheres", com tradução de Maria João Coutinho e Simion Doru Cristea, pela Guerra&Paz, em 2007, e "Ofuscante: a asa esquerda", com tradução de Tanty Ungureanu, para a E-Primatur, em 2021.

O Prémio Literário de Dublin é organizado pela autarquia da capital da Irlanda e gerido pelas bibliotecas públicas da cidade, com um valor monetário de 100 mil euros, a serem entregues na totalidade ao autor da obra vencedora, se esta for escrita em inglês, ou, no caso de tradução, a dividir entre escritor e tradutor, nos valores de 75 mil euros e 25 mil euros, respetivamente.

O romance "Marzahn, Mon Amour", da escritora alemã Katja Oskamp, foi o vencedor do Prémio Literário Internacional de Dublin de 2023.

Leia Também: Festival 'Palavras de Fogo' celebra figuras como Zeca Afonso e Camões

Recomendados para si

;
Campo obrigatório