Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

Obras doadas por casal alemão enriquecem Museu de Setúbal

Cinco obras de arte doadas por um casal alemão a residir em Setúbal vão integrar o acervo do Museu de Setúbal, que reabre a 15 de setembro, dia do Bocage e da cidade, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Obras doadas por casal alemão enriquecem Museu de Setúbal
Notícias ao Minuto

15:38 - 23/05/24 por Lusa

Cultura Museu

Segundo um comunicado do município sadino, entre as obras doadas por Hans-Peter Bühler e Marion Bühler-Brockhaus estão as esculturas "São João Baptista Batizando Cristo", da Escola Francesa, de cerca de 1600, "Pescadores ou os Trabalhadores do Mar", de Aimé-Jules Dalou, de 1896, ambas em baixo-relevo, e "Crianças com Lagarto", de Auguste Rodin, de 1886.

"Os desenhos em técnica mista 'A Virgem da Cadeira Segundo Raffaello' e 'A Virgem e o Menino Lendo', ambas da Escola Italiana e de cerca de 1800, completam o rol de doações recentes feitas pelo casal ao Museu de Setúbal", lê-se na nota.

A Câmara de Setúbal adianta que as cinco obras de arte se destinam à exposição de longa duração que estará patente no museu, que deverá reabrir a 15 de setembro, após a conclusão das obras de reabilitação em curso. 

De acordo com a autarquia sadina, Hans-Peter Bühler e Marion Bühler-Brockhaus já tinham doado ao município outras obras de arte em anos anteriores, que também vão estar patentes na exposição de longa duração no renovado museu a partir de 15 de setembro, além de terem contribuído com 120 mil euros para as obras de recuperação do Convento de Jesus.

A Câmara salienta que o casal também tem financiado a arte urbana, como os golfinhos da Praça 25 de Abril, de Carlos Andrade, as sardinhas da rotunda das Fontainhas, de Luísa Perienes, além das esculturas Zéfiro, na rotunda do Monte Belo, da peça no exterior do Fórum Municipal Luísa Todi dedicada à cantora lírica, de Sérgio Vicente, as figuras de comerciantes no Mercado do Livramento, com desenho de Augusto Cid, e, mais recentemente, a escultura Os Amantes, na rotunda Tratado de Roma.

O casal alemão, segundo a autarquia, apoiou ainda a reposição do painel de azulejos do Mercado do Livramento, o restauro de obras e espaços como o Convento de Jesus e o Fórum Municipal Luísa Todi, as escavações arqueológicas em Troia e a criação artística em áreas como a música, o teatro, a dança e o cinema.

Leia Também: Festival 'Palavras de Fogo' celebra figuras como Zeca Afonso e Camões

Recomendados para si

;
Campo obrigatório