Meteorologia

  • 21 JULHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 26º

Porto Pianofest arranca em Nova Iorque com Nuno Marques e Lara Martins

Nova Iorque recebeu na quinta-feira, pela sétima vez, a gala de apresentação do festival Porto Pianofest, com concertos de Nuno Marques, Mariel Mayz e Lara Martins inspirados nas músicas de Abril e na literatura portuguesa.

Porto Pianofest arranca em Nova Iorque com Nuno Marques e Lara Martins
Notícias ao Minuto

08:22 - 17/05/24 por Lusa

Cultura EUA

Depois de apresentações inéditas em Paris e Madrid, o pianista Nuno Marques levou novamente o Porto Pianofest à cidade onde reside, Nova Iorque, "numa forma de captar a atenção, investimento e projetar o festival a nível internacional", disse à Lusa.

"Nós lutamos muito por este festival e há cada vez mais procura. Esta sessão está esgotada, mostrando que o Porto Pianofest projeta-se não só nacional, como internacionalmente. (...) Temos muito público dos Estados Unidos que vai ao festival, portanto, esta é uma forma de chegarmos até eles", explicou o criador do evento.

"Há muita gente que marca as suas viagens para Portugal no verão para coincidirem precisamente com o Porto Pianofest. É uma tendência que temos notado", acrescentou o pianista, que ambiciona democratizar o acesso à música clássica na sua vertente pedagógica e cultural. 

Na nona edição, o Porto Pianofest volta a reunir no Porto, Vila Nova de Gaia e Vila Nova Famalicão grandes nomes e futuras estrelas no mundo da música clássica - e não só.

A cantora de teatro musical Lara Martins, o grupo Trio Pangea e os pianistas José Ramon Mendez, Lisa Yui e Evan Shinners são alguns dos primeiros artistas confirmados no festival, que decorre de 01 a 11 de agosto.

"Este ano temos um salto qualitativo. Temos locais novos, temos um ar renovado e temos muita expectativa para este festival, que vai ser muito diversificado: desde música cubana, a recitais de piano mais íntimos, passando por muita música ao ar livre", indicou Marques.

Já na apresentação em Nova Iorque, no auditório Yamaha Artists Services, Nuno Marques, Lara Martins e Mariel Mayz, pianista e diretora adjunta do evento, homenagearam, através da música, escritores e poetas como Sophia de Mello Breyner e Eugénio de Andrade, além do cantor e compositor José Afonso.

Também a cônsul-geral de Portugal em Nova Iorque, Luísa Pais Lowe, marcou presença, tendo destacado a importância da cultura e das artes na ligação entre Portugal e os Estados Unidos.

Depois de Nova Iorque segue-se um concerto em Washington, naquela que será a terceira apresentação do festival na capital norte-americana.

Leia Também: Slow J foi o mais premiado nos 6.º PLAY - Prémios da Música Portuguesa

Recomendados para si

;
Campo obrigatório