Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

25 Abril. Município de Tábua inaugura monumento com cravo de cinco metros

Um monumento comemorativo dos 50 anos do 25 de Abril que inclui a representação de um cravo vermelho com cinco metros de altura vai ser inaugurado em Tábua, na quinta-feira.

25 Abril. Município de Tábua inaugura monumento com cravo de cinco metros
Notícias ao Minuto

23:47 - 22/04/24 por Lusa

Cultura 25 Abril

A iniciativa realça "a importância dos valores da democracia, da liberdade, da igualdade e da solidariedade", instituídos em Portugal "após um período obscuro de 48 anos" sob a ditadura de Salazar e Caetano, informa a Câmara Municipal num comunicado enviado hoje à agência Lusa.

A cerimónia inaugural, no Dia da Liberdade, às 11:30, é "o momento alto das comemorações" locais do meio século da Revolução dos Cravos, organizadas pelo município de Tábua, no distrito de Coimbra, cujo executivo tem Ricardo Cruz como presidente.

"Comemorar a democracia e a liberdade é um ato cívico que deve envolver toda a comunidade, transmitindo às gerações mais jovens os princípios e os valores associados ao 25 de Abril, sendo fundamental continuar a trabalhar no sentido de assegurar a sua defesa e valorização", afirma Ricardo Cruz, citado na nota.

O autarca do PS sublinha ainda que "os ideais de Abril continuam enraizados e consolidados" entre a população do concelho.

Também para "evocar esta data marcante do Portugal contemporâneo", o programa começa às 09h30, com o hastear das bandeiras nacional e municipal, ao som da Academia Artística e do Coro Polifónico de Tábua, que entoam temas relacionados com a efeméride, a que se segue, às 10h00, uma sessão solene no salão nobre dos Paços do Concelho.

Às 16:30, decorre uma visita ao Painel de Abril, no túnel de acesso à praça António Castanheira Neves, uma pintura alusiva ao 25 de Abril executada pela Editorial Moura Pinto, que antecede a representação da peça de teatro musical "Era o Dia de Cantar", pela Associação Contracanto, no Centro Cultural de Tábua, às 17h00.

Há 50 anos, no 25 de Abril de 1974, o Movimento das Forças Armadas (MFA), envolvendo sobretudo jovens capitães dos três ramos das Forças Armadas (Exército, Armada e Força Aérea), executou com sucesso um golpe que derrubou a ditadura fascista, cujo estratega foi o então major Otelo Saraiva de Carvalho.

Leia Também: 25 Abril: Seleção em contraciclo com clubes em plena revolução

Recomendados para si

;
Campo obrigatório