Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 12º MÁX 23º

Festival de Banda Desenhada de Beja anuncia programa deste ano

A autora belga Alix Garin, os franceses Jacques Tardi e Dominique Grange e os portugueses Miguel Rocha e Kachisou vão estar em junho no Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, revelou hoje o diretor, Paulo Monteiro.

Festival de Banda Desenhada de Beja anuncia programa deste ano
Notícias ao Minuto

18:16 - 16/04/24 por Lusa

Cultura Banda Desenhada

Em nota de imprensa, Paulo Monteiro divulgou as exposições e os convidados que compõem a 19.º edição deste festival dedicado à banda desenhada e que ocupará a Casa da Cultura de Beja entre 07 e 23 de junho.

Serão 16 exposições individuais e coletivas, a maioria com a presença dos seus autores, além de um programa paralelo de atividades, como lançamentos de livros, sessões de autógrafos, concertos desenhados e um mercado do livro com a presença de 60 editores.

Entre as exposições anunciadas está uma da autora belga Alix Garin, de quem foi publicado em novembro passado o livro "Não me esqueças", que aborda a doença de Alzheimer; e outra do francês Jacques Tardi, autor de "Foi assim a guerra das trincheiras", assim como da série "Adèle Blanc-sec".

Tardi estará de regresso a Portugal com a mulher, a artista francesa Dominique Grange, com quem publicou "Elise e os novos Partisans". Em Beja estará também o realizador Pedro Fidalgo que em 2022 estreou o documentário "N'effacez pas nos traces!", sobre Dominique Grange.

Por Beja vão passar ainda, entre outros, o brasileiro André Diniz, radicado em Portugal, os italianos Gloria Ciapponi e Luca Conca, coautores da obra "Urlo -- Grito no escuro", os espanhóis Miguelanxo Prado e Javier Rodríguez, e ainda os portugueses Miguel Rocha, cujo mais recente álbum é "A rainha dos canibais", e Kachisou, a 'mangaka' Cátia Sousa autora de "Quero Voar".

Destaque ainda para a exposição coletiva "Herdeiros do Manguito", com trabalhos de autores feitos no âmbito do curso de banda desenhada do Museu Bordallo Pinheiro.

Este festival é uma das iniciativas municipais em torno da banda desenhada em Beja, uma cidade onde existe há vários anos uma bedeteca, há uma regular dinamização artística e cultural, nomeadamente com o coletivo Toupeira, e onde está em produção um museu -- o primeiro em Portugal -- dedicado a esta arte.

Leia Também: Selecionados 24 autores que vão receber bolsas de criação literária

Recomendados para si

;
Campo obrigatório