Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Mais de 30 jovens músicos portugueses selecionados para orquestra da UE

Mais de 30 músicos portugueses foram selecionados para a temporada de 2024 da Orquestra de Jovens da União Europeia, o maior número desde a adesão a este projeto em 1986, anunciou hoje a Direção-Geral das Artes (DGArtes).

Mais de 30 jovens músicos portugueses selecionados para orquestra da UE
Notícias ao Minuto

21:59 - 22/02/24 por Lusa

Cultura Música

"Um total de 13 membros efetivos integrará a formação deste ano: Maria Sá (Violino), Matilda Mensink (Violino), Teresa da Silveira Caleiro (Viola), Francisca Barradas Vaz Galante (Viola), Filipa Rodrigues (Viola), Laura Brandão Álvares (Violoncelo), Inês Araújo (Contrabaixo), Madalena Lopes (Flauta), Bernardo Dias (Fagote), Bruno Santos (Trompete), Maria Lourenço Pinheiro (Trompa), Luís Diz (Trompa), Tomás Soares Ferreira (Trombone)", referiu a DGArtes, num comunicado hoje divulgado.

Além disso, "foram ainda selecionados 21 músicos/as portugueses/as para a reserva, que poderão integrar a Orquestra, caso os membros efetivos não possam participar nos concertos e estágios".

A seleção de 34 músicos portugueses para a temporada de 2024 representa "o melhor resultado do país desde a adesão a este projeto, em 1986".

Segundo a DGArtes, nesta edição registou-se, a nível europeu, "um aumento de 40% de inscrições para as audições, com quase 3.500 candidatos/as para 120 vagas disponíveis".

A Orquestra de Jovens da União Europeia (EUYO, na sigla em inglês) foi fundada no Reino Unido, em 1976, congregando, ano a ano "os mais talentosos jovens instrumentistas de cada um dos Estados-membros da União Europeia".

Os músicos da EUYO têm direito a aulas, viagens e estadia (alojamento e refeições) gratuitas, e terão oportunidade de participar nas digressões de primavera e verão, bem como em outros projetos que decorrem ao longo do ano.

Leia Também: Odemira recebe estreia de filme sobre a "tradição musical" do concelho

Recomendados para si

;
Campo obrigatório