Meteorologia

  • 29 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 29º

'Teorias da Conspiração' fala de "um amor que valoriza pequenas coisas"

Nena é uma das concorrentes do Festival da Canção de 2024 e sobe ao palco já no próximo sábado, dia 24 de fevereiro.

'Teorias da Conspiração' fala de "um amor que valoriza pequenas coisas"

A 58.ª edição do Festival da Canção começa já no próximo sábado, dia 24 de fevereiro. No total, são 20 os concorrentes a querer representar Portugal na Eurovisão, em Malmö, na Suécia.

O Notícias ao Minuto falou com os artistas em competição, entre os quais está Nena.

Natural de Lisboa, a jovem artista escreveu a sua primeira canção com apenas 12 anos, mas "só em 2019 se dedicou à música profissionalmente, graças ao incentivo de João Só", destaca a RTP.

Sob o mote do amor, o seu 'cartão de visita' ao grande público foi a canção 'Portas do Sol', que faz parte do seu álbum de estreia 'Ao fundo da rua', editado em novembro de 2022.

No ano passado, Nena venceu a categoria 'Artista Revelação' nos Prémios Play e estreou-se no Coliseu dos Recreios com lotação esgotada.

Porque é que quis participar no Festival da Canção?

A RTP fez-me o convite e honestamente é uma enorme honra participar no festival. Sempre tive muita vontade de levar uma canção minha, e pareceu-me o momento certo da minha carreira para dar este passo.

Já era fã do Festival da Canção? E da Eurovisão?

Sempre fui fã e acompanho há já alguns anos. 

Qual é para si a melhor música de sempre do Festival da Canção?

É um pouco difícil escolher. Mas diria que as músicas que estão no meu 'top 3' são: Amar pelos Dois; Saudade, Saudade; Amanhã.

Que mensagem transmite a música 'Teorias da Conspiração'?

A música conta a história de um amor que supera em conjunto as adversidades do dia-a-dia e valoriza as pequenas coisas. Qualquer que fosse o 'cenário', iriam sempre encontrar-se. No fim, tudo o que era misterioso, torna-se claro.

Consegue levantar um pouco o véu de como será a atuação?

Vai ser um momento intimista que nos leva para outro universo. 

De que forma olha para as restantes canções e intérpretes desta edição do Festival?

Acho que os concorrentes são muito fortes, cada um muito talentoso à sua maneira. Temos uma edição que mostra todo o tipo de música, e que bom que é assim! 

Quais são as suas expetativas face à participação no Festival da Canção? O que seria um bom resultado?

Qualquer que seja o resultado a minha participação, sempre quis ir pela experiência. Claro que seria um enorme sonho representar Portugal, contudo estou mesmo muito entusiasmada com o facto de poder passar estas próximas semanas rodeada da minha equipa e de tantas pessoas talentosas que vou poder ficar a conhecer melhor. Para mim, não há nada como sentirmo-nos inspirados pela presença de pessoas novas e das suas canções. 

Depois da participação no Festival da Canção, o que se segue?

Este ano tenho muitos singles novos a sair e já alguns concertos de verão marcados. Logo após o festival, vou ter um concerto no Super Bock Arena, no Porto, dia 18 de maio. Penso que irá ser um dos momentos altos do meu ano e mal posso esperar.

Leia Também: Vai ver o Festival da Canção? Fique a par da ordem das atuações

Recomendados para si

;
Campo obrigatório