Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Festival Literário do Interior dedica 7.ª edição a Zeca Afonso e Camões

A sétima edição do Festival Literário Internacional do Interior - Palavras de Fogo, em junho de 2024, será dedicada a efemérides relacionadas com o 25 de Abril, Zeca Afonso, António Ramos Rosa e Luís Vaz de Camões, anunciou a organização.

Festival Literário do Interior dedica 7.ª edição a Zeca Afonso e Camões
Notícias ao Minuto

09:28 - 05/12/23 por Lusa

Cultura Literatura

Organizado pela Arte-Via Cooperativa, da Lousã, em parceria com autarquias e outras instituições e empresas da região, o festival decorrerá entre 14 e 17 de junho de 2024 em vários concelhos dos distritos de Coimbra e de Leiria, sob o tema "Terra da fraternidade, ditosa pátria minha amada".

Em comunicado, a organização do Festival Literário Internacional do Interior (FLII) avançou que a sétima edição vai celebrar os 50 anos do 25 de Abril e ainda os 95 anos do nascimento do cantautor Zeca Afonso, o centenário do poeta António Ramos Rosa e os 500 anos de Luís Vaz de Camões.

Criado em 2017 em homenagem às vítimas dos fogos florestais desse ano, em 2024 o FLII estende-se a dez concelhos afetados pelos incêndios, casos de Ansião, Arganil, Castanheira de Pera, Coimbra, Condeixa-a-Nova, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Pedrógão Grande e Tábua.

A criadora e coordenadora do festival, Ana Filomena Amaral, destacou o "caráter inovador" do evento, que tem como objetivo "levar os livros e os escritores aos sítios mais inusitados e imprevisíveis, como fábricas, campos, praias, igrejas, mercados, romarias, locais onde as pessoas trabalham e convivem".

Ou seja, "os livros vão ao encontro dos públicos porque também eles têm saudades".

A programação, ainda por detalhar, compreenderá ações de formação, concursos, palestras, 'workshops', leituras, feiras do livro, espetáculos, multimédia, performances, instalações e exposições, "para e com todos os públicos de todas as faixas etárias", procurando envolver "todos os agentes de desenvolvimento, de todos os municípios participantes e todos os talentos locais".

No final, a intenção é a de que os livros e as palavras façam "novamente renascer a cor por entre o negrume".

A par de vários parceiros nacionais, o FLII acontece em cooperação com vários festivais internacionais, casos do FLIPoços, (Brasil) Tarrafa Literária (Brasil), Galway Literary Festival (Irlanda), Vilenica International Literary Festival (Eslovénia), Book Worm (China), Festival de Poesia de Chepén Chepén (Peru), Ake Festival (Nigeria), Literature Festival (Jaipur), Literary Festival (Dubai) ou FLIK (Moçambique).

Leia Também: Auditório de Espinho começa 2024 com Macalé e Sara Barros Leitão

Recomendados para si

;
Campo obrigatório