Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 16º

Bordalo II dá "vivacidade e esperança" ao IPO Lisboa com "obra inédita"

No IPO Lisboa, o artista, que é "reconhecido pela utilização do espaço público como palco para as suas intervenções de cor e de escala", optou por retratar o pintainho numa das paredes da unidade, "como símbolo de renovação e futuro".

Bordalo II dá "vivacidade e esperança" ao IPO Lisboa com "obra inédita"
Notícias ao Minuto

17:57 - 29/11/23 por Notícias ao Minuto

Cultura IPO de Lisboa

Um local de passagem do Instituto Português Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) tem, agora, uma “vida nova”. Em ano de centenário da instituição, uma parede junto à Farmácia “ganhou cor e alegria” graças a uma “obra inédita” do artista plástico Artur Bordalo, mais conhecido como Bordalo II.

“Quando o IPO me lançou este desafio, não hesitei em aceitar. Esta é uma pequena contribuição para tornar o local mais agradável e acolhedor”, adiantou Bordado II, num comunicado enviado às redações.

E concretizou: “Todos conhecem alguém que está ou já esteve doente com cancro e que há um caminho difícil a ser feito. O IPO desempenha um papel fundamental no tratamento e acompanhamento destes doentes e, por isso, merece todo o nosso respeito e admiração.”

No IPO Lisboa, o artista, que é “reconhecido pela utilização do espaço público como palco para as suas intervenções de cor e de escala”, optou por retratar o pintainho numa das paredes da unidade, “como símbolo de renovação e futuro”.

“Além de ser uma figura familiar para adultos e crianças, é um sinal de esperança, de recomeço e de futuro”, disse, tendo considerado ser “importante trazer alguma vivacidade e esperança” ao espaço, que celebra 100 anos a 29 de dezembro.

Para o efeito, foi usada “uma assemblagem de material que integra resíduos hospitalares”, entre eles uma cadeira de rodas, monitores e teclados de equipamentos, proteções das rodas das macas, e copos de aspiração recolhidos no IPO Lisboa.

“É muito importante podermos trazer arte a um hospital com estas características… Para os nossos doentes e profissionais. É algo com um impacto distinto no dia a dia e uma forma de todos nos alegrarmos e de nos lembrarmos que a vida tem sempre coisas muito positivas e há sempre um futuro”, considerou Eva Falcão, presidente do Conselho de Administração IPO Lisboa.

Leia Também: Museu do Caramulo inaugura exposição sobre cerâmica portuguesa de autor

Recomendados para si

;
Campo obrigatório