Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 16º

'Ares de Verão' transformam Braga em sala de espetáculos ao ar livre

O município de Braga vai promover, em julho e agosto, o programa 'Ares de Verão', hoje apresentado como "uma brisa cultural que vai transformar a cidade numa enorme sala de espetáculos ao ar livre".

'Ares de Verão' transformam Braga em sala de espetáculos ao ar livre
Notícias ao Minuto

19:02 - 27/06/23 por Lusa

Cultura Cultura

Concertos, teatro, música, novo circo, dança e folclore são algumas das propostas artísticas que convidam a sair de casa e a desfrutar das praças, dos jardins e dos espaços públicos de Braga.

No total, o programa 'Ares de Verão' irá chegar a seis espaços públicos da cidade, levando consigo cinco festivais, 12 espetáculos de teatro, mais de 30 concertos de música, mais de 35 atuações de música e dança popular e tradicional, DJ, animação de rua, jogos e mercado cultural.

Para o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, 'os 'Ares de Verão' são um conjunto vastíssimo de projetos, alguns deles já históricos da Cidade de Braga, como o Mimarte e o Festival Internacional de Folclore, outros mais recentes, como é o caso dos Sons do Noroeste, que vêm desde a Capital da Cultura do Eixo Atlântico".

"Outros são uma extensão de um projeto de grande sucesso que foi trazer os blues para a primeira linha da dinâmica cultural de Braga e outros ainda que este ano surgem rebatizados, como é o caso do Festival de Música ESTEOESTE, que é um espaço de afirmação para os músicos bracarenses", acrescentou o autarca.

O programa cultural arranca já no sábado, com um concerto da Orquestra Filarmónica de Braga, na Praça Municipal.

No dia 02, tem início, no mesmo espaço, o Festival de Teatro de Braga -- Mimarte, que, este ano, engloba seis espetáculos nacionais e dois internacionais, de França e Espanha.

"A acessibilidade e inclusão são uma aposta, com Língua Gestual Portuguesa em várias peças. Da comédia ao género biográfico, passando pelo cruzamento com outras disciplinas artísticas, este festival conta ainda com um espetáculo para os mais novos no Museu dos Biscainhos", refere o município, em comunicado.

A banda luso-brasileira do Trio Pagú dá um concerto na noite do dia 09 de julho, pelas 22:00, na Praça Municipal, apresentando o seu novo trabalho.

Entre 04 de julho e 25 de agosto, decorre o 'Verão no Parque', um programa projetado para públicos de todas as idades, que oferece um conjunto de atividades culturais e recreativas para desfrutar no Parque de São João da Ponte.

O ano de 2023 assinala a 6.ª edição do festival internacional Nova Arcada Braga Blues, que vai decorrer de 13 a 15 de julho, no Largo do Pópulo.

Paralelamente, Braga voltará a receber uma edição do Festival Internacional de Folclore, que decorrerá de 28 a 30 de julho, na Praça Municipal.

De regresso estão também as Tardes de Domingo nos dias 06, 13, 20, 27 de agosto e 03 de setembro, no Parque de São João da Ponte, com atuação dos grupos folclóricos do concelho de Braga.

As noites de agosto serão musicadas com os festivais 'Sons do Noroeste', nos dias 03, 04 e 05, na Praça Municipal.

"Três dias de música de raiz, com origens ou pontes entre o Norte de Portugal e a Galiza, sob pontos de vista e abordagens novas e contemporâneas", sustenta o município.

Nas margens do rio Este, nasce o festival ESTEOESTE, que vai decorrer nos dias 11, 12 e 13 de agosto, no Parque da Ponte, e que se assume como uma plataforma para as bandas e artistas naturais ou residentes em Braga.

"São dois meses cheios de arte e de cultura, numa verdadeira ode à estação mais vibrante e quente do ano", sustenta o município.

Leia Também: Cinemateca Portuguesa exibe escolhas cinéfilas do Papa Francisco

Recomendados para si

;
Campo obrigatório