Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 24º

Escritor e romancista francês Michel Peyramaure morre aos 101 anos

O escritor francês Michel Peyramaure, figura do romance histórico e autor de mais de uma centena de livros, morreu aos 101 anos, anunciou hoje a editora Calmann-Lévy.

Escritor e romancista francês Michel Peyramaure morre aos 101 anos
Notícias ao Minuto

12:58 - 11/03/23 por Lusa

Cultura Michel Peyramaure

uma figura tutelar da literatura que nos deixa", indica a editora francesa na rede social Twitter, que não adiantou as causas da morte.

"É um mestre do romance histórico, autor de uma obra monumental de mais de uma centena de romances. Muito apegado à sua cidade de Brive [Brive-la-Gaillarde é uma comuna francesa no centro da França, sob administração do departamento de Corrèze], publicou recentemente 'Inventário Antes do Encerramento' e recebeu o grande prémio da Sociedade de Letras para todos de seu trabalho", acrescentou a editora.

Com Claude Michelet e Denis Tillinac, os amigos de Corrèze (departamento francês situado na região de Nova Aquitânia e cuja capital é Tulle), fundou, na década de 1980, a Escola de Brive, um movimento alinhado à tradição do romance popular do século XIX.

Peyramaure está também na origem, com outros, da Feira do Livro de Brive, no sudoeste da França, que se tornou um evento literário importante.

O escritor publicava a um ritmo frenético, por vezes duas e três vezes por ano.

Os seus romances são maioritariamente de cariz histórico ("O Natal Laranja", "A Paixão Cátara", "Os Prisioneiros de Cabrera", "O Romano das Cruzadas"...), ao lado de biografias de personagens ilustres, muitas vezes romantizados, incluindo Joana d'Arc, Henrique IV, Napoleão e a atriz Sarah Bernhardt.

Traduzido para 15 idiomas, Peyramaure também é autor de livros infantis e de guias locais.

Leia Também: Prémios Leya, Saramago, Ernaux, Gurnah e Toni Morrison em livros de março

Recomendados para si

;
Campo obrigatório