Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Prémios Femina divulgam quatro distinguidas de 2023

A ex-ministra da Cultura Gabriela Canavilhas, a coreógrafa Olga Roriz, a investigadora Annabela Rita e a comissária europeia Mariya Gabriel foram distinguidas com o Prémio Femina em diferentes categorias, divulgou hoje a associação Matriz Portuguesa.

Prémios Femina divulgam quatro distinguidas de 2023
Notícias ao Minuto

20:40 - 20/02/23 por Lusa

Cultura Cultura

Annabela Rita, distinguida com o Prémio Femina de Honra, é doutorada em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e tem várias obras publicadas.

Olga Roriz, bailarina e coreógrafa, vai receber o Prémio Femina por mérito nas Artes de Bailado e Dança.

A pianista Gabriela Canavilhas, atual presidente da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva e ex-ministra da Cultura do XVIII Governo Constitucional (2009-2011), vai receber o Prémio Femina pelo Estudo e Divulgação da Cultura, História e Sociedade de Matriz Portuguesa no estrangeiro e na Lusofonia.

Finalmente, a búlgara Mariya Gabriel, comissária europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, é distinguida com o Prémio Femina à Mulher do Mundo.

A cerimónia de "imposição das insígnias" do Prémio Femina 2023 realiza-se a 08 de março, às 21h00, no Grémio Literário, em Lisboa.

O júri dos prémios foi presidido pelo seu fundador, João Micael.

Leia Também: Jornalista búlgaro crítico do Kremlin diz-se impedido de ir aos BAFTA

Recomendados para si

;
Campo obrigatório