Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Ciclo dedicado a cinema de longa duração estreia-se no sábado em Coimbra

O Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra, estreia no sábado o ciclo "Cinema e Obstinação", dedicado a obras de longa duração, começando com a exibição de uma obra de oito horas do alemão Alexander Kluge.

Ciclo dedicado a cinema de longa duração estreia-se no sábado em Coimbra
Notícias ao Minuto

11:23 - 02/02/23 por Lusa

Cultura Coimbra

Coimbra, 02 fev 2023 (Lusa) -- O Teatro Académico de Gil Vicente, em Coimbra, estreia no sábado o ciclo "Cinema e Obstinação", dedicado a obras de longa duração, começando com a exibição de uma obra de oito horas do alemão Alexander Kluge.

O novo ciclo, com curadoria de Luís Trindade, começa no sábado com a exibição de 'Notícias da Antiguidade Ideológica: Marx, Eisenstein, O Capital', de Alexander Kluge, sessão que começa às 15h00 e termina à meia-noite, com uma hora de intervalo entre as 20h00 e as 21h00, anunciou, esta quinta-feira, o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O filme, lançado em 2008, surge a partir da vontade de Alexander Kluge, um dos expoentes do Novo Cinema alemão, retomar a ideia do cineasta russo Eisenstein de filmar "O Capital", de Karl Marx, a partir da estrutura literária de 'Ulisses', obra do irlandês James Joyce.

A obra "é assim uma espécie de Arca de Noé onde se resgatam e guardam oitenta anos (ou mais: para Kluge, a História começa sempre antes) de História e pensamento, de Marx e Eisenstein, de cinema e vida política, entre muitos outros pares recombináveis", realçou o TAGV.

De acordo com o TAGV, "Eisenstein encontrou-se com Joyce em Paris, na última semana de novembro de 1929, para mostrar ao escritor o seu projeto de fazer um filme sobre 'O Capital', de Marx, a partir da jornada de Leopold Bloom, a personagem da epopeia narrada em 'Ulisses'".

"Esse projeto, que Eisenstein nunca teve as condições para realizar, é retomado por Alexander Kluge no seu filme de 570 minutos. Com esse filme, que não pode ser separado da sua obra literária, Kluge prolonga uma constelação modernista capaz de decifrar os enigmas do nosso tempo e de apreender as suas configurações", aclarou.

O bilhete para a sessão custa entre 3,5 e cinco euros.

O ciclo 'Cinema e Obstinação' vai decorrer ao longo do ano de 2023.

Leia Também: 'Quando a primavera chegou a Bucha' abre esta 5.ª-feira mostra de cinema

Recomendados para si

;
Campo obrigatório