Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 30º

Quais as sete possíveis cidades britânicas que podem acolher a Eurovisão?

A decisão final sobre o local será tomada no outono.

Quais as sete possíveis cidades britânicas que podem acolher a Eurovisão?

De acordo com um anúncio feito na manhã desta sexta-feira, pelo locutor Scott Mills do programa da manhã da rádio britânica Radio 2, as sete cidades candidatas neste momento a acolher o Festival Eurovisão da Canção 2023 são: Birmingham, Glasgow, Leeds, Liverpool, Manchester, Newcastle e Sheffield.

Recorde-se que o evento será realizado pela primeira vez em 25 anos no Reino Unido, depois de em 2022 o país ter obtido o segundo lugar no concurso.

O verdadeiro vencedor foi a Ucrânia, que não poderá realizar o espetáculo tendo em conta a invasão em curso por parte da Rússia.

O anúncio desta alteração foi feito em junho pela União Europeia de Radiodifusão, que lamentou o facto de apesar do concurso ter sido vencido em Turim pelos ucranianos Kalush Orchestra, não estavam reunidas as condições de segurança para o espetáculo em 2023.

O Reino Unido, ficou em segundo lugar com a música Space Man de Sam Ryder, e por isso irá realizar a 67.ª edição da Eurovisão.

Vinte locais foram candidatos para sediar a maior e mais complexa competição de música do mundo, que foi assistida este ano por uma audiência global de 161 milhões de espetadores mas restam apenas estes sete candidatos.

A cidade preferida é, segundo o jornal The Guardian, até à data, Glasgow que parece reunir o apoio da maior parte das casas de apostas.

Além disso também a primeira-ministra da Escócia Nicola Sturgeon recorreu ao Twitter para se manifestar e dizer: “Tem que ser Glasgow!”

Entre as cidades excluídas estão Londres, Brighton e Edimburgo que já organizaram o concurso, mas também outras cidades como Aberdeen, Belfast, Bristol, Nottingham, Wolverhampton e Darlington que também foram eliminadas.

Segundo a BBC, que organiza o evento, a decisão final sobre o local será tomada no outono, sendo que a sala escolhida terá de acomodar pelo menos 10 mil pessoas, ter fácil acesso a um aeroporto internacional e vários hotéis para acomodar os fãs eurovisivos.

Recorde-se que Birmingham, foi a última cidade anfitriã do Reino Unido em 1998.

Leia Também: PIB do Reino Unido cai 0,1% no 2.º trimestre

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório