Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Esgotada peça com portuguesa Maria de Lima em São Paulo

O público de São Paulo esgotou o teatro Anchieta, no fim de semana, para o início da temporada da peça "Entredentes", protagonizada pela atriz portuguesa Maria de Lima, com encenação de Gerald Thomas.

Esgotada peça com portuguesa Maria de Lima em São Paulo
Notícias ao Minuto

18:59 - 14/04/14 por Lusa

Cultura Teatro

O teatro, vinculado ao Serviço Social do Comércio (Sesc) de São Paulo, no centro da cidade, tem pouco mais de 320 lugares. No sábado, a bilheteira já estava esgotada.

"Estamos felicíssimos pela boa receção do público", disse a atriz portuguesa à Lusa.

Além de Maria de Lima, o elenco da peça conta com os atores brasileiros Ney Latorraca e Edi Botelho, na representação de um islâmico radical e de um judeu ortodoxo, no Muro das Lamentações, em Jerusalém.

O texto, de Gerald Thomas, escrito para os atores que o interpretam, aborda a atualidade mundial, como o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, a Crimeia e a ameaça de guerra, entra pelas discussões da realidade brasileira e abre-se a questões éticas e ideológicas, muitas vezes com ironia.

São citados também temas como a tecnologia, o espiritualismo e o fundamentalismo religioso, misturados com citações de filósofos e romancistas, sem esquecer referências à claque do Flamengo.

O público que assistiu ao espetáculo elogiou a atuação dos atores, inclusive a de Maria de Lima, que passa parte da peça com um sapato de salto alto em apenas um dos pés. "A expressão corporal dela é incrível", afirmou a estudante Kamilla Salgado, de 27 anos.

Maria de Lima se encarrega de encaixar definitivamente o conteúdo da peça na realidade brasileira, com críticas ácidas ao país, na sequência do texto dramático, denominado "o recalcamento dos brasileiros".

"Apesar de as minhas 'falas' serem endereçadas diretamente ao público, não consigo ver as caras [das pessoas], mas sinto a energia", disse a atriz à Lusa. "Ao princípio, gera surpresa, mas, depois, um desconforto - as pessoas mexem-se na cadeira. Depois, a zanga", afirmou.

Na segunda parte do texto, a atriz disse sentir mais uma tristeza por parte do público. Maria de Lima contou que adaptou algumas das palavras de suas falas para que elas fossem mais compreensíveis aos brasileiros, mas que o sotaque português foi mantido por uma opção do encenador.

A peça, que teve a primeira apresentação ao público na passada sexta-feira, fica em cena em São Paulo até 10 de maio. A intenção, segundo a assessoria de imprensa do espetáculo, é levar a encenação ao interior do Estado, ao Rio de Janeiro e a Portugal.

Nascido em 1954, no Rio de Janeiro, Gerald Thomas trabalhou com o teatro La MaMa, em Nova Iorque, e o Living Theatre, em Paris, entre outras companhias, antes de fundar o seu próprio grupo, Ópera Seca, em São Paulo, Brasil. Trabalhou com atores como Fernanda Montenegro, Antonio Fagundes, Tônia Carrero e Marco Nanini.

O ator Ney Latarroca é conhecido em Portugal pela participação em telenovelas como "Dancin'Days" e "O Bem Amado" ou séries como "Malu Mulher". A peça "Entredentes" marca o seu regresso aos palcos um ano após um longo período de internamento hospitalar, por complicações com uma cirurgia.

Edi Botelho, que entrou em "Aquele Beijo", produção da Globo, tem trabalhado sobretudo em teatro, em peças como "Quarteto", de Heiner Müller, e a "Trilogia de Kafka", também dirigidas por Gerald Thomas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório