Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 26º

Semana de Portugal de Toronto regressa. Concertos são adiados para 2023

A Aliança dos Clubes e Associações Portuguesas do Ontário (ACAPO), que organiza a Semana de Portugal de Toronto, adiou os concertos previstos para junho, "devido a incertezas num subsídio provincial", disse à agência Lusa fonte da organização. 

Semana de Portugal de Toronto regressa. Concertos são adiados para 2023
Notícias ao Minuto

08:14 - 14/05/22 por Lusa

Cultura Toronto

"Não existiam condições para realizarmos os concertos sem colocar a Aliança em risco e qualquer projeto no futuro", justificou o presidente da ACAPO, Joe Eustáquio.

O dirigente falava na sexta-feira durante a abertura oficial da Semana de Portugal de Toronto, na praça Camões, perante três dezenas de convidados.

A organização tinha previsto retomar este ano os concertos no parque Earlscourt, com a presença de Miguel Gameiro, Olavo Bilac, vindos de Portugal, e também do cantor lusodescendente Shawn Desman, previstos nos dias 10, 11 e 12 de junho, mas que entretanto cancelados.

Os concertos foram adiados para 2023, disse Joe Eustáquio, acrescentando que a "maior parte do pagamento aos artistas já estava realizado e as viagens foram canceladas".

"O programa de subsídios denominado por Reconnect [antigo 'Celebrate Ontario' antes da pandemia da covid-19], tem um grande impacto não só na Semana de Portugal, mas em vários festivais em todo o Ontário. As candidaturas e valores a serem distribuídos costumam ser anunciados em maio, mas devido às eleições provinciais [em 02 de junho], o financiamento só será conhecido em julho", acrescentou.

Nesse sentido, a organização decidiu que seria um "enorme risco avançar com os concertos, sem conhecer o apoio atribuído, numa altura em que as despesas aumentam cada vez mais", um risco que "não estavam dispostos a aceitar".

Além da abertura oficial da Semana de Portugal de Toronto, na sexta-feira, também foi assinalado o 69.º aniversário da imigração portuguesa para o Canadá.

A 13 de maio de 1953, chegaram ao Pier 21, em Halifax (Nova Escócia), a bordo do navio Saturnia, os primeiros 113 portugueses com documentos oficiais de imigração.

Filho de António Sousa, um dos pioneiros, José Júlio Sousa, de 71 anos, natural da Nazaré, chegou ao país com apenas 03 anos.

"Qualquer pessoa que chegue ao Canadá é pioneira de si própria", porque "vem cá pela primeira vez", disse à Lusa.  

"Todos nós temos as nossas raízes de pioneiros, pois contribuímos e desfrutamos do legado disponibilizado pelos pioneiros para estarmos cá", realçou.

O antigo diretor numa escola de ensino primário espera contudo que as gerações mais antigas "tenham dado cartas" e convencido o resto da população que "Portugal sendo um país pequeno", tem um mundo rico e continua a viagem e o percurso de pioneiros.

E deixou um alerta para os mais novos: "acho que o respeitar, pelas raízes, de onde viemos, o respeitar um pelo outro, o respeitar o próximo, as outras camadas sociais... pelo menos foi a coisa que a mim me deixaram, tanto a mim como ao meu irmão, e também contribuir, não é só desfrutar, mas também contribuindo para o bem estar dos outros".

O programa da Semana de Portugal de Toronto inclui vários eventos, com destaque para a Parada do Dia de Portugal, em 11 de junho, com início às 11:00 (16:00 de Lisboa), seguindo-se uma homenagem aos voluntários, pelas 13:30 (18:30 de Lisboa).

De realçar também o festival de rua "Do West Fest", de 03 a 05 de junho, organizado pela Associação Comercial do Little Portugal de Toronto e o hastear a bandeira de Portugal, junto à câmara municipal, em parceira com a vice-presidente da autarquia de Toronto, Ana Bailão, cerimónia marcada dia 10 de junho, às 12:00 (17:00 de Lisboa).

Leia Também: Miguel Gameiro e Olavo Bilac na Semana de Portugal de Toronto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Campo obrigatório