Meteorologia

  • 30 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 3º MÁX 12º

Festival de Cinema de Berlim de novo presencial começa hoje

O filme "Peter von Kant", de François Ozon, abre hoje o Festival de Cinema de Berlim, numa edição que contará com uma dezena de filmes e coproduções portuguesas, incluindo "By Flávio", de Pedro Cabeleira, na competição oficial.

Festival de Cinema de Berlim de novo presencial começa hoje
Notícias ao Minuto

06:05 - 10/02/22 por Lusa

Cultura Cinema

Nesta 72.ª edição, o festival voltará a ser presencial, mas com algumas alterações por causa da covid-19, nomeadamente com a divisão da programação em dois períodos - para convidados e para público local - e com alguns eventos paralelos a acontecerem em formato virtual, como o mercado europeu de cinema.

A abertura acontece com "Peter von Kant", do francês François Ozon, que fez uma interpretação livre de "As lágrimas amargas de Petra von Kant" (1972), de Rainer Fassbinder.

Sobre a presença de cinema português no festival, o destaque vai para "By Flávio", novo filme de Pedro Cabeleira, que concorre ao Urso de Ouro de melhor curta-metragem, um prémio já conquistado por João Salaviza (2012), Leonor Teles (2016) e Diogo Costa Amarante (2017).

No programa Fórum estão concentrados três filmes portugueses: "Super Natural", primeira longa-metragem de Jorge Jácome, que resulta de uma nova colaboração com o Teatro Praga e com a companhia Dançando com a Diferença, o documentário "Terra que marca", de Raul Domingues, e "O trio em mi bemol", de Rita Azevedo Gomes, a partir de uma peça de Éric Rohmer.

A eles junta-se a coprodução luso-brasileira "Mato Seco em Chamas", de Adirley Queirós e Joana Pimenta, e o filme "The Maji-Maji Readings", do cubano Ricardo Bacallao, com a participação da artista portuguesa Grada Kilomba.

No programa Fórum Expandido estará o projeto "Yarokamena", do investigador colombiano Andrés Jurado, com coprodução portuguesa pela Kintop.

Os filmes "Aos dezasseis", de Carlos Lobo, e "Águas do Pastaza", de Inês T. Alves e rodado na Amazónia, estarão na secção competitiva Generation.

No programa Geração 2022, estará o filme "Nada para ver aqui", do realizador belga Nicolas Bouchez, numa coprodução entre Portugal, Bélgica e Hungria.

A série "Vanda", criada por Patrícia Muller, com realização de Simão Cayatte, foi selecionada para o 'mercado de séries'.

O ator João Nunes Monteiro estará no programa europeu de talentos "Shooting Stars".

Este ano o prémio de carreira do festival de Berlim irá para a atriz francesa Isabelle Huppert.

Entre os 18 filmes da competição oficial estão "Avec amour et acharnement", de Claire Denis, "La ligne", de Ursula Meier, "Call Jane", de Phylis Nagy, "The novelist's Film", de Hong Sangsoo, e "Un año, una noche", de Isaki Lacuesta. O realizador M. Night Shyamalan preside ao júri que atribui o Urso de Ouro.

O festival termina no dia 20, embora os prémios sejam anunciados e entregues no dia 16.

Leia Também: Pioneiro em efeitos visuais no cinema Douglas Trumbull morre aos 79 anos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório