Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Lançado disco de versões que assinala 25 anos do 'Cover de Bruxelas'

A editora conimbricense Lux Records vai lançar o álbum "Cover de Bruxelas Sessions, Vol. 1", um disco que celebra os 25 anos do programa de rádio homónimo, em que participam, entre outros, D3O, Birds Are Indie ou Catenary Wires.

Lançado disco de versões que assinala 25 anos do 'Cover de Bruxelas'
Notícias ao Minuto

10:14 - 07/12/21 por Lusa

Cultura Rádio

O disco, que assinala os 25 anos de "Cover de Bruxelas", programa da Rádio Universidade de Coimbra (RUC), conta com a participação de cinco projetos em que cada um reinterpreta três temas de nomes como Siouxsie & The Banshees, The Cramps, The Sonics, Bauhaus, Luna, The Smiths, The Magnetic Fields ou José Mário Branco, anunciou a Lux Records.

Neste primeiro álbum dedicado a versões, participam os projetos portugueses D3O, Raquel Ralha & Pedro Renato, Birds Are Indie e Dirty Coal Train, assim como os britânicos Catenary Wires, banda de Amelia Fletcher e Rob Pursey, antigos membros dos Tabulah Gosh e Heavenly.

"Desafiei as bandas para fazerem versões, cada uma tinha que fazer três versões e houve sempre uma emissão do programa em que os artistas estiveram lá, com exceção dos Catenary Wires, onde os temas foram estreados", disse à agência Lusa Rui Ferreira, responsável da Lux Records e também um dos locutores do "Cover de Bruxelas".

O programa semanal, que vai para o ar todas as quintas-feiras, entre as 22:00 e as 23:00 na RUC, arrancou em 1996, na altura com Rui Ferreira e Hugo Panzer (pseudónimo de José Braga, locutor daquela rádio que morreu em 2012).

Desde 2008 que a equipa do programa é composta por Rui Ferreira e Fernando Alves, mantendo como lema: "Reciclagem... loucura... derrapagem: para quê ouvir os originais? Cover a cover, enche o ouvinte as trompas de Eustáquio".

Segundo Rui Ferreira, o disco que agora é editado é dedicado à memória de José Braga, locutor que dá nome à sala de discos da RUC e que em 2002 tentou bater o recorde do maior número de horas consecutivas no ar -- queria chegar às 100 horas, sete minutos e nove segundos (alusão à frequência da RUC, 107.9) -, terminando com quase 69 horas de emissão ininterrupta.

Sobre José Braga, a RUC afirma no seu 'site' que foi um locutor que, durante 20 anos, assumiu-se como "um estandarte da rádio livre e experimental, continuando a ser uma influência para as gerações de locutores que, hoje em dia, aqui se formam".

Rui Ferreira disse acreditar que José Braga iria gostar desta homenagem, especialmente da versão dos Dirty Coal Train da "Hot Head", de Captain Beefheart, de quem o locutor era um grande fã.

De acordo com o responsável da Lux Records, depois do lançamento deste disco, está previsto pelo menos um segundo volume, com outras versões.

Leia Também: Rádio Televisão Cabo-verdiana reativa delegação em Lisboa na sede da Lusa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório