Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Cultura do Centro cria gabinete para salvaguardar património cultural

A Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC) lançou um "Gabinete de Virtualização", que servirá os 77 municípios da região Centro e o conjunto das suas instituições museológicas, através do desenvolvimento de projetos de divulgação do património cultural da região.

Cultura do Centro cria gabinete para salvaguardar património cultural
Notícias ao Minuto

14:55 - 02/12/21 por Lusa

Cultura Património Cultural

Este gabinete está instalado no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, em Coimbra.

De acordo com a DRCC, o Gabinete de Virtualização pretende digitalizar o acervo cultural móvel e imóvel da região Centro em 3D (três dimensões), bem como reconstruir virtualmente contextos históricos e arqueológicos.

Este gabinete tem como objetivo apoiar a produção de infografias 2D (duas dimensões) para museus da região Centro, restaurar virtualmente o acervo museológico digitalizado e ainda otimizar modelos 3D fotogramétricos para difusão pública, apoiando a produção audiovisual para a difusão do património.

Este serviço vai permitir a "formação de recursos humanos, através da criação de formações de estágios e de projetos de investigação", bem como o "apoio à investigação científica, através da disponibilização do acervo a investigadores", referiu a DRCC na nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Esta iniciativa vai possibilitar aceder a peças que estão em risco de desaparecer ou que não estão disponibilizadas, designadamente por se poder comprometer o seu estado de conservação.

"Num futuro próximo, com recurso às novas tecnologias do registo e impressão 3D, o Gabinete de Virtualização produzirá réplicas tocáveis que permitirão uma revolução na acessibilidade ao património cultural, especialmente para cegos e amblíopes", disse a DRCC.

Simultaneamente, este serviço é uma forma de estimular a divulgação de acervos museológicos de toda a região.

Os novos serviços de virtualização estão integrados na estratégia da década digital, lançada pela Comissão Europeia, que tem o intuito de fomentar uma infraestrutura digital, segura e sustentável, estimular competências digitais e promover a captação de novas tecnologias.

Leia Também: Casa da Música dedica programa de 2022 ao amor

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório