Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Governo entrega medalha de mérito cultural a António Victorino d'Almeida

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, entregou hoje a medalha de mérito cultural ao maestro e compositor António Victorino d'Almeida por "uma vida dedicada à música".

Governo entrega medalha de mérito cultural a António Victorino d'Almeida
Notícias ao Minuto

22:19 - 30/07/21 por Lusa

Cultura Cultura

Segundo uma nota do Ministério da Cultura a propósito da distinção, hoje em Elvas, onde o compositor estreou o ciclo de canções para a Europa "Gaudeamus", a medalha foi atribuída "em reconhecimento do inestimável trabalho de uma vida dedicada à música e ao seu ensino e divulgação, tanto a nível nacional como internacional, difundindo pelo mundo a arte e a cultura portuguesas, num percurso de mais de 60 anos".

António Victorino d'Almeida nasceu em Lisboa, em 1940, tendo iniciado os estudos musicais com Marina Dewander Gabriel e mais tarde estudado piano com Fernando Leitão, composição com Artur Santos e Joly Braga Santos e História da Música com Maria Augusta Barbosa, segundo a biografia disponível no Centro de Investigação & Informação da Música Portuguesa.

Depois de concluir o curso de piano no Conservatório Nacional, com 19 valores, conseguiu uma bolsa do Instituto da Alta Cultura para prosseguir estudos em Viena, "onde aperfeiçoou a sua técnica de concertista com Wladislav Kedra e Dieter Weber".

"Dedicou-se ao estudo da composição com Karl Schiske, tendo obtido o diploma final do Curso de Composição com a máxima classificação por distinção e unanimidade, o que lhe garantiu o prémio do Ministério da Cultura da Áustria por ter sido o melhor aluno finalista de cada ano", segundo a mesma biografia, que salienta que Victorino d'Almeida obteve depois uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian para estudar música contemporânea, música eletrónica e direção de orquestra.

O Ministério da Cultura recorda que, "para além de pianista, compositor e maestro, Victorino d'Almeida é ainda autor da adaptação para teatro musicado da obra 'A Relíquia', de Eça de Queirós, entre outras bandas sonoras que compôs para o Grupo A Barraca (como 'O Inspetor Geral', 'D. Maria, A Louca', e 'Menino de Sua Avó', entre outras), tendo ainda realizado o filme 'A Culpa'".

Distinguido na Áustria e em França, António Victorino d'Almeida recebeu a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, atribuída pelo Presidente da República Jorge Sampaio, em 2005.

Leia Também: 240 personalidades assinam pelo fim da transmissão de touradas na RTP

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório