Meteorologia

  • 29 JULHO 2021
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Risco elevado e muito elevado? Espaços culturais encerram às 22h30

Os equipamentos culturais terão de encerrar às 22:30, nos 25 concelhos que estão sob risco elevado e também em Albufeira, Lisboa e Sesimbra, que estão sob risco muito elevado de incidência de covid-19, anunciou hoje o Governo.

Risco elevado e muito elevado? Espaços culturais encerram às 22h30
Notícias ao Minuto

16:30 - 24/06/21 por Lusa

Cultura Covid-19

De acordo com decisão do Conselho de Ministros, os concelhos de Albufeira, Lisboa e Sesimbra estão sob risco muito elevado, pelo que os equipamentos culturais terão de encerrar às 22:30 e "os eventos em exterior terão diminuição de lotação a definir", pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O encerramento dos espaços culturais às 22:30 vigorará também nos 25 concelhos sob risco elevado: Alcochete, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Barreiro, Braga, Cascais, Grândola, Lagos, Loulé, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odemira, Odivelas, Oeiras, Palmela, Sardoal, Seixal, Setúbal, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço e Vila Franca de Xira.

Em todos estes 28 concelhos não foi feita diferenciação de horários durante a semana e fins de semana.

O nível de risco muito elevado de transmissibilidade da covid-19 identifica os concelhos que registem, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 240 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 480 se forem concelhos de baixa densidade populacional).

O nível de risco elevado aplica-se aos concelhos que registem, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 120 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 240 se forem concelhos de baixa densidade populacional).

Nos restantes concelhos do país, os espetáculos culturais podem acontecer até às 00:00 e as salas de espetáculo podem ter lotação a 50%. Fora das salas de espetáculo, os eventos devem ter lugares marcados e com regras definidas pela DGS.

A resolução do Conselho de Ministros prolonga a situação de calamidade em todo o território nacional continental até às 23:59 do dia 11 de julho.

Leia Também: AO MINUTO: Governo trava desconfinamento no país; Incidência preocupa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório