Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Jornais históricos do território Rede Cultura 2027 disponíveis 'online'

Todos os números de dois jornais históricos de Leiria, desaparecidos em 2013, ficam disponíveis sexta-feira numa hemeroteca digital que pretende salvaguardar a memória dos 26 municípios do território da candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura.

Jornais históricos do território Rede Cultura 2027 disponíveis 'online'
Notícias ao Minuto

12:38 - 16/06/21 por Lusa

Cultura Capital Europeia da Cultura

O anúncio foi feito hoje pela Rede Cultura 2027, responsável pela candidatura, que pretende alargar progressivamente este arquivo 'online' de acesso gratuito a periódicos históricos dos municípios envolvidos no projeto de candidatura e aos três arquivos distritais de Leiria, Santarém e Lisboa.

Em comunicado, a instituição considera que esse património constitui "a memória deste vasto, diverso e antigo território". 

No arranque da hemeroteca digital Arquivo Digital de Leiria ficará consultável o acervo integral que resultou dos 99 anos de existência de "O Mensageiro" e dos 80 anos de "A Voz de Domingo", publicações da Diocese de Leiria-Fátima que desapareceram em 2013 para dar lugar a um novo título, "Presente", que também deixou de ser publicado em 2018.

"Os jornais, talvez ainda mais os jornais locais e regionais, são como os anéis que engrossam o interior dos troncos das árvores duradouras. Cada anel explica-nos, revela-nos, ilustra-nos a memória do que fomos, detalhada, escrita e visual, com voz e sotaque próprios e, assim, nos prova que não somos só a efemeridade do presente nem o acaso do futuro", descreve a Rede Cultura 2027 sobre a nova hemeroteca Arquivo Digital de Leiria.

O projeto "resgata para uma memória que seja eterna e acessível" as notícias, as pessoas e as ideias levadas à estampa, durante décadas, por aqueles dois jornais, "preservando o papel da sua extinção material". 

Este é o primeiro resultado da parceria entre o município de Leiria, Direção Geral do Livro, de arquivos e bibliotecas e da Fundação Signis, sublinhando a Rede Cultura 2027 que este é um exercício "conjunto de salvaguarda, valorização e comunicação" do património documental e imaterial", para a preservação da "memória futura".

Leia Também: Djaimilia, HC Cancela e Hugo Mãe na lista para Grande Prémio APE

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório