Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

'Destemporada' de verão do CCB apresenta programação "diversificada"

O Centro Cultural de Belém, em Lisboa, retoma as atividades presenciais, com uma temporada de verão 'Destemporada', recuperando projetos que não puderam ser apresentados na altura prevista, e oferecendo um programa "intenso e diversificado", com música, teatro e dança.

'Destemporada' de verão do CCB apresenta programação "diversificada"
Notícias ao Minuto

19:17 - 15/06/21 por Lusa

Cultura CCB

Mónica Bellucci, The Legendary Tigerman e Brad Mehldau são alguns dos artistas que marcam presença nesta temporada, que apresentará também filmes de Martin Scorsese, Sidney Pollack e Paul Thomas Anderson, entre outros, bem como espetáculos teatrais em parceria com grandes companhias nacionais, e concertos de grandes orquestras.

"Depois destes meses de cacimba, de fechamento e pantufas, finalmente encontramo-nos. E tentámos que haja muitas razões para nos encontrarmos em Belém. Se a temporada ficou metida na gaveta, abrigada da pandemia durante os meses de inverno, o verão trouxe o seu contrário e a necessidade de construirmos um programa intenso e diversificado, uma 'Destemporada' que abriga projetos que não puderam ser apresentados na altura em que estavam previstos", afirma o curador e programador Delfim Sardo, administrador do Centro Cultural de Belém (CCB).

Incluem-se nesta iniciativa também novos convites a artistas, projetos expositivos e performativos na Fábrica das Artes e a reabertura das exposições de arquitetura na Garagem Sul, acrescenta o responsável, no âmbito da programação de verão, hoje apresentada.

A Fábrica das Artes terá uma instalação imersiva criada a partir das obras 'As Aventuras de Alice no País das Maravilhas' e 'Alice do Outro Lado do Espelho', de Lewis Carroll, bem como espetáculos ao ar livre, concertos e teatro, tendo como pano de fundo o universo imaginário de Alice.

Na Garagem Sul, pode ser visitada a exposição 'Em Casa. Projetos para Habitação Contemporânea', com curadoria de Margherita Guccione, Pipo Ciorra, André Tavares e Sérgio Catum.

As noites de verão vão ser celebradas no palco da Praça CCB, concebido pelo arquiteto Ricardo Bak Gordon como uma praia em socalcos de cortiça, onde, entre outras atividades, se poderá assistir a vários filmes do ciclo de cinema da temporada, como é o caso de 'Shine A Light', de Martin Scorsese, centrado no mundo dos Rolling Stones, a 16 de julho, de 'Amazing Grace', de Sidney Pollack e Alan Elliott, um registo ao vivo do disco de Aretha Franklin com o mesmo nome, a 23 de julho, e 'Neil Young: Heart of Gold', de Jonathan Demme, no dia 30 de julho.

Em agosto, sempre às sextas-feiras, chegam os filmes 'Johnny Cash in San Quentin', de Michael Darlow, 'Junun', de Paul Thomas Anderson, 'Shut Up and Play the Hits: O Fim dos LCD Soundsystem', de Dylan Southern & Will Lovelace, e 'A Última Valsa', de Martin Scorsese, com o último concerto dos The Band e seus convidados, que incluem músicos como Bob Dylan, Joni Mitchell, Van Morrison, Ringo Starr, Muddy Waters, Ronnie Wood ou Neil Young.

Mas nem só de música se faz o cinema na programação do CCB e, ao longo de todo o dia 4 de julho, em várias sessões a decorrer no grande auditório, será apresentado o filme 'Pele Escura', de Graça Castanheira, uma reflexão sobre centro e periferia, negros e brancos, racismo e inclusão.

Entre as várias sessões terão lugar diversas conversas no Foyer do Grande Auditório, que expandem e abordam as várias problemáticas que estão na génese de 'Pele Escura', cujos convidados serão anunciados brevemente, segundo o CCB.

Quanto aos espetáculos musicais, contam com a participação, em julho, de Glockenwise, dos Mancines, bem como um concerto da Jovem Orquestra Portuguesa, composto por três meditações sobre o exílio, produzidas durante períodos distintos de retiro e solidão. A estes juntam-se a atuação de Inês de Vasconcelos, com 'Há Fado no Cais', e de Marta Ren, com o seu estilo 'soul' e 'funk'.

O mês de agosto traz a música de Selma Uamusse, Cabrita, Luís Severo e The Legendary Tigerman, assim como concertos da Orquestra de Câmara Portuguesa, da soprano Ana Paula Russo, com a orquestra La Nave Va, 'Exsultate, jubilate!', e o espetáculo teatral/musical 'María de Buenos Aires', ópera de câmara de Astor Piazzolla, no âmbito do centenário do nascimento do músico e compositor argentino.

O CCB destaca também uma produção externa, que será apresentada no dia 22 de julho, o regresso a Portugal do pianista de jazz Brad Mehldau, em trio, com os músicos Jeff Ballard e Larry Grenadier.

O teatro terá também forte presença nesta programação, que contou com algumas parcerias, como o Teatro Nacional D. Maria II, o Festival de Almada ou o Teatro Nacional São João, que aqui apresentam as suas produções, o que foi "fundamental" para "esta retoma", destaca Delfim Sardo.

Em colaboração com o Festival de Almada, nos dias 10 e 11 de julho, a atriz italiana Mónica Bellucci sobe ao palco do Grande Auditório para apresentar 'Maria Callas - Cartas e Memórias', de Tom Volf.

A parceria com o Teatro Nacional D. Maria II resultará na apresentação das peças 'Morte de um caixeiro-viajante', de Arthur Miller, com encenação de Jorge Silva Melo, entre os dias 06 e 15 de agosto, de quarta-feira a domingo, e 'Praça dos Heróis', de Thomas Bernhard, com direção artística de David Pereira Bastos, em cena de 20 a 22 de agosto, ambas no Pequeno Auditório.

Em colaboração com o Teatro Nacional São João, estará em cena, nos dias 27 e 28 de agosto, no Grande Auditório, o clássico 'Castro', de António Ferreira, na nova encenação de Nuno Cardoso.

As propostas de dança desta programação 'Destemporada' passam por 'Fecundação e alívio neste chão irredutível onde com gozo me insurjo', uma proposta de Hugo Calhim Cristóvão & Joana von Mayer Trindade, para ver nos dias 02 e 03 de julho, 'Bate fado', de Jonas & Lander, um espetáculo híbrido entre a dança e o concerto, nos dias 17 e 18 de julho, e 'Neon 80', uma criação de Beatriz Dias, inspirada nos conceitos 'cyberpunk', 'cyberspace', 'cyborgbody' e 'video game', que enaltece o lado marginal do ser humano, que estará em cena entre 15 e 17 de julho.

No dia 08 do mesmo mês, é dado a conhecer o universo de composição literária e musical de Jonas, através do concerto de lançamento do álbum 'São Jorge', e no dia 15 terá lugar uma 'Conferência Bate Fado', que versará sobre o Fado Batido, uma dança que no século XIX aliava o virtuosismo e energia do sapateado ao canto do fado.

De 24 de junho a 16 de julho, o Armazém Sul exibirá uma instalação de Marco Martins, com Fernanda Fragateiro, Gonçalo M. Tavares e a Companhia Maior, baseada nas imagens e memórias de infância dos seus intérpretes.

O ciclo de palestras 'Pensamento' apresenta 'Formas de Ler/O Poder da Comédia', em que a crítica literária Helena Vasconcelos abordará os livros 'Lição de anatomia', de Philip Roth, no dia 22 de julho, e 'Swing Time', de Zadie Smith, no dia 19 de agosto.

A 25 de julho é a vez de 'Conversas com História' - um ciclo que se propõe pensar o futuro a partir da revisitação crítica do passado, dirigido a um público amplo e não académico -- pôr a historiadora Raquel Varela a entrevistar o escritor e político Manuel Alegre, resistente antifascista, já distinguido com o Prémio Pessoa e o Prémio Camões.

Neste verão, não vão faltar também atividades que envolvem as famílias, desde as manhãs com pilates ou yoga, sessões de 'showcooking', ateliers e oficinas artísticas e criativas.

AL // MAG

Lusa/Fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório