Meteorologia

  • 25 JUNHO 2021
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 33º

Edição

'Eternals' e 'Shang-Chi' da Marvel podem não chegar aos cinemas chineses

Os filmes contêm conteúdos ou envolvem atores e realizadores que não agradam ao governo e às autoridades chinesas.

'Eternals' e 'Shang-Chi' da Marvel podem não chegar aos cinemas chineses

Dois dos filmes da Marvel aguardados com maior expectativa no mercado asiático, nomeadamente no chinês, podem não receber o selo de aprovação para estrearem na China. O China Movie Channel divulgou a data de estreia nos Estados Unidos de oito dos 10 filmes da fase 4 do Marvel Cinematic Universe, mas excluiu ‘Eternals’ e ‘Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings’.

A omissão pode parecer não ter grande importância, mas tem maior significado do que parece à primeira vista.

Primeiro, porque o canal em questão está sob a chancela do departamento de propaganda chinês, que tem a palavra final na aprovação dos filmes que chegam aos cinemas do país. Depois, porque ambos os filmes são suscetíveis de não cair nas boas graças do governo e das autoridades chinesas.

Ambos os filmes têm uma ligação à China. ‘Eternals’ é realizado por Chloé Zhao, que nasceu na China e recentemente ganhou dois Óscares, incluindo o de Melhor Realizador, por ‘Nomadland’. ‘Shang-Chi’ marca a estreia cinematográfica do primeiro super-herói asiático, que vai ser interpretado por Simu Liu, que também nasceu em território chinês.

No caso de ‘Eternals’, a probabilidade de chegar aos cinemas chineses parece ser mais reduzida. Chloé Zhao fez duras críticas ao sistema político do país há oito anos. Essas declarações foram recuperadas recentemente e Zhao tornou-se uma persona non grata na China. A estreia de ‘Nomadland’ foi cancelada e o seu triunfo na 93ª edição dos Óscares foi censurado na internet.

Quanto a ‘Shang-Chi’, as críticas na China têm recaído sobre dois dos atores escolhidos, Liu e Awkwafina, por não se enquadrarem no ideal de beleza chinesa. Há quem argumente que os atores foram escolhidos para entrar no filme porque a Marvel Studios “discrimina a aparência dos chineses”.

O vilão do filme também é motivo de críticas. Wenwu, ou o ‘Mandarin’, é inspirado no vilão original dos comics, Fu Manchu. Ao longo dos anos, esta personagem foi encarada como uma personificação do estereótipo do ‘Perigo Amarelo’.

Apesar de ter sido alvo de uma transformação para o filme para se distanciar das conotações racistas, na China muitos não estão a par desta alteração.

Leia Também: Marvel revela 'Eternals' e novos títulos em vídeo narrado por Stan Lee

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório