Meteorologia

  • 22 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Ana Paula Jardim vence Prémio Literário Glória de Sant'Anna

Ana Paula Jardim venceu o Prémio Literário Glória de Sant'Anna com o livro 'Roupão Azul', conquistando uma distinção no valor pecuniário de 3.000 euros, anunciou hoje a organização.

Ana Paula Jardim vence Prémio Literário Glória de Sant'Anna
Notícias ao Minuto

08:39 - 12/05/21 por Lusa

Cultura Prémio

Esta é a 9.ª edição do prémio, que visa distinguir "o autor do melhor livro de poesia editado no corrente ano", e que, pela primeira vez, além de Portugal, abrangeu outros países e regiões lusófonas.

Segundo a jurada Otília Martins, o livro vencedor revela "uma grande mestria de escrita e uma notável audácia de análise", segundo comunicado enviado à agência Lusa.

"'Roupão Azul' surpreende, não como um primeiro livro de poesia, mas como uma indiscutível obra com peso próprio e uma visão nova, servida por uma linguagem firme, segura, magistralmente colada a uma prospeção impiedosa das relações humanas", segundo Otília Martins, referindo que a autora "será, por certo, um nome a reter".

Otília Martins, da Universidade de Aveiro, salienta "a coragem da editora, Guerra e Paz, que, em tempos tão adversos e penumbrosos, não hesita em apostar na publicação de poesia e de autores cujo nome e valor estão ainda por desvendar".

Além da portuguesa Otília Martins, o júri foi constituído pelos professores e ensaístas Lassalete Borges (Portugal), Ana Mafalda Leite (Moçambique), Teresa Moure (Espanha) e Andrea Paes (Portugal).

Os oito finalistas ao prémio foram os portugueses João Luís Barreto Guimarães, José Luís Peixoto, Samuel F. Pimenta, André Osório, Maria José Quintela e Ana Paula Jardim, o moçambicano Francisco Guita Jr. e o galego José António Lozano.

Segundo a Grupo de Ação Cultural de Válega, no concelho de Ovar, que promove o galardão em colaboração com filhos de Glória de Sant`Anna, poetisa que morreu em junho de 2009, aos 84 anos, "a cerimónia de entrega do prémio não se realiza", devido às "exigências da pandemia".

O prémio inclui ainda uma gravura original, de uma série de retratos de Glória de Sant'Anna, de autoria de Rui Paes.

Glória de Sant`Anna estreou-se em 1951, com 'Distância', tendo publicado dez outros títulos.

Em 2010 foi editado 'Gritoacanto', que reúne a sua poesia escrita entre 1970 e 1974.

Glória de Sant`Anna publicou também três livros de contos e dois romances.

Leia Também: Festival Temps d'Images abre 19..ª edição com 'Ghost' de Luís Marrafa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório