Meteorologia

  • 21 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Festival South Music quer promover música algarvia no meio profissional

A câmara de Faro apresentou hoje o Festival South Music, uma feira profissional de música que pretende dar a conhecer os projetos musicais algarvios ao meio e ajudá-los a saírem da região.

Festival South Music quer promover música algarvia no meio profissional
Notícias ao Minuto

23:26 - 05/05/21 por Lusa

Cultura Algarve

O festival terá dois dias - 15 e 16 de junho - e inclui 'show cases', conferências, formação, concertos e 'speed dating' com os músicos, num formato misto entre o presencial e 'on-line'.

"O South Music quer reunir em Faro durante dois dias o setor profissional da musical nacional: agentes, produtores, programadores e a media especializada", anunciou o vice-presidente da Câmara de Faro.

Na apresentação do South Music, que contou com a presença de vários músicos algarvios, embaixadores do evento, Paulo Santos recordou as experiências desses artistas para "passassem para lá da serra do Caldeirão e singrarem no panorama nacional e internacional", para evidenciar a importância de um festival deste género no Algarve.

O responsável revelou que a equipa não esperava que 15 dias depois de abertas as inscrições para o South Music, teriam hoje "121 projetos musicais submetidos para seleção" de 13 concelhos algarvios que incluem "294 músicos".

A plataforma continuará aberta depois do evento, para que "novos projetos se possam inscrever" aumentando a rede de artistas e de contactos e "a partir daí, ser possível lança-los nacional e internacionalmente", anunciou.

"Temos uma ambição para o evento em si e para o que esta plataforma pode representar para os músicos promoveram os seus projetos e a região no futuro", evidenciou Paulo Santos.

Presente na cerimónia, o diretor do Teatro das Figuras, Gil Silva, realçou que o projeto foi abraçado pelos músicos e agentes da região e que se procurou que a maioria do júri tivesse "pessoas de fora" para que houvesse uma "distanciamento das bandas "e um "olhar mais isento" na seleção dos projetos.

Fernando Alvim (radialista), Rui Miguel Abreu (jornalista), Sandra Faria (festivais música) Nuno Saraiva (editoras independentes), Inês Maria Menezes (radialista), Renato Júnior (músico), Gil Silva (Teatro das Figuras) e Paulo Silva (Festival Med e Cineteatro Louletano) compõem o júri e serão os responsáveis pela seleção final.

Para o South Music estão programadas várias conferências dirigidas aos profissionais, uma com as editoras, outra sobre os direitos de autor e conexos sendo que a imprensa musical também terá direito a um painel assim como a programação musical.

Uma das conferências irá incidir na partilha das experiências dos embaixadores em como conseguiram ultrapassaram a barreira da região e ter projeção nacional.

A capacitação dos músicos e técnicos que participam no evento é encarada como "uma mais-valia para todos", por isso, no final do mês, haverá um série de ações de formação obrigatórias para as bandas inscritas nas áreas de direitos a autor, escrita de letras, composição, comunicação, relações públicas e componente técnica.

O presidente da câmara , Rogério Bacalhau realçou que este é um "pequeno contributo" da autarquia para a "difusão dos agentes culturais musicais algarvios", estando incluído no projeto de candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027.

Publicado por Município de Faro em Quarta-feira, 5 de maio de 2021

Leia Também: Filme sobre colonialismo e cinema português estreia-se em junho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório