Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Bordallo Pinheiro reage à polémica com Tory Burch

Depois da Junta da Póvoa de Varzim, também a marca de peças de louça, originais da fábrica das Caldas da Rainha, reagiu às "cópias" da norte-americana

Bordallo Pinheiro reage à polémica com Tory Burch
Notícias ao Minuto

18:25 - 26/03/21 por Tomásia Sousa

Cultura Polémica

Depois da polémica com a camisola poveira e com a estilista Tory Burch, que motivou até um pedido de desculpas nas redes sociais, agora também a Bordallo Pinheiro reagiu ao facto de a marca ter à venda peças de louça semelhantes às suas.

"Cá para nós há coisas que valem bem mais que o preço. O apreço pela criatividade, a tradição, a originalidade, a história. Traços que definem quem nós somos enquanto marca e enquanto comunidade.", lê-se na página de Instagram da marca.

"Por isso a nossa recompensa maior é a vossa preferência, lealdade e reconhecimento do que é autêntico. E o mesmo vale para tudo o que é nosso. Podem tirar a tradição do poveiro, mas nunca tirarão o poveiro da tradição!"

Recorde-se que, já ontem, no rescaldo da polémica com a camisola poveira - que o site oficial da Tory Burch vendia sem fazer qualquer referência às artesãs da Póvoa de Varzim nem a Portugal - vários internautas chamaram também à atenção para o facto de a estilista ter à venda produtos muito semelhantes a produções nacionais, como peças de louça da Bordalo Pinheiro, originais da fábrica das Caldas da Rainha.

A situação já levou o Estado Português a acionar meios judiciais para combater a "apropriação abusiva" da camisola poveira, por parte da estilista norte-americana.

O anúncio foi feito hoje, em comunicado, pelo Ministério da Cultura.

Leia Também: Camisola poveira. Marca norte-americana pede "desculpa" aos portugueses

Recomendados para si

;
Campo obrigatório