Meteorologia

  • 13 MAIO 2021
Tempo
22º
MIN 12º MÁX 22º

Edição

Série 'O Falcão e o Soldado do Inverno" é como "um filme de seis horas"

A nova série Marvel 'O Falcão e o Soldado do Inverno', que se estreia no Disney+ na sexta-feira, é como "um filme de seis horas", disse a realizadora Kari Skogland.

Série 'O Falcão e o Soldado do Inverno" é como "um filme de seis horas"
Notícias ao Minuto

10:31 - 17/03/21 por Lusa

Cultura Marvel

"Abordei o trabalho como um filme", afirmou, numa conferência para meios internacionais, Skogland, que realizou os seis episódios da nova série. "Estávamos a fazer um filme de seis horas e apenas decidimos onde cortar".

O aspeto visual e as cenas de ação são, por isso, tão cinematográficas quantos os filmes que antecederam a série, que se situa logo após os eventos mostrados em "Vingadores: Endgame".

"Queríamos mesmo provar que só porque está na televisão isso não significa que não possa ser tão grande quanto seria como filme e que trabalhámos com o mesmo afinco e pondo nisto o nosso sangue, suor e lágrimas", disse o produtor executivo e presidente da Marvel Studios, Kevin Feige.

Esta é a segunda série Marvel para a plataforma Disney+, depois de "WandaVision" ter sido bem recebida pelos fãs e pela crítica. Segue a parceria improvável entre o Falcão, Sam Wilson (interpretado por Anthony Mackie) e o Soldado do Inverno, Bucky Barnes (interpretado por Sebastian Stan), depois de Steve Rogers (Capitão América) ter deixado o seu escudo a Wilson.

"O nosso objetivo era não estragar isto", disse Anthony Mackie, na conferência de imprensa. "Não queríamos ser o primeiro projeto Marvel a não prestar, o nosso trabalho era pegar na tocha e não fazer uma série má". A missão, disse, foi bem sucedida.

Segundo Mackie, que interpreta o Falcão desde 2014 nos filmes do universo Marvel, filmar a série exigiu a mesma preparação que os filmes, com muito treino para acrobacias e cenas de luta com os mesmos preparadores.

Mas Mackie sublinhou que agora será possível explorar melhor a história de Sam Wilson, a sua família e a sua evolução: "Estamos num ponto em que queremos que a audiência conheça e aprenda sobre estes novos personagens. Temos de nos pôr nesta posição em que introduzimos os personagens à audiência e damos-lhe esse relacionamento, essa história construída ao longo de dez anos".

O argumentista principal da série, Malcom Spellman, disse que o facto de este ser um meio diferente deu a oportunidade de trabalhar os personagens de outra forma.

"Os filmes têm uma duração comprimida e ação imediata, caminham para um evento", disse. "Uma série permite uma narrativa horizontal e o ritmo é completamente diferente, os personagens podem travar amizades, discutir, evoluem de uma forma muito diferente".

A aproximação ao caráter das personagens e às suas lutas internas é visível desde o primeiro episódio, com a exploração da "busca pela identidade" e "aceitação do passado" de Bucky Barnes, descreveu Sebastian Stan.

"Todo o tema do stress pós-traumático e a experiência que eles partilham como soldados é uma das coisas que os aproxima", afirmou o ator. "Há aqui uma espécie de código de honra entre eles, apesar de terem ideias e opiniões diferentes sobre as coisas".

Stan explicou que a perturbação do stress pós-traumático não é algo que desapareça e acabou: "É algo com o qual uma pessoa tem de continuar a evoluir e melhorar a sua forma de lidar com isso. Por isso, é uma parte importante da série e fundamenta estes dois personagens de uma forma muito realista".

O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, sublinhou que o incrível dos personagens da Marvel está nos seus defeitos, que lhes põem os pés no chão num cenário de ficção científica e sobrenatural.

"Essa é sempre a âncora mais importante para qualquer história que vamos contar", afirmou. "Houve muitos traumas para estas personagens ao longo dos anos e é fácil esquecermos isso ou varrer para debaixo do tapete, porque há portais brilhantes a abrirem-se e pessoas a aplaudir e o Homem de Ferro a esmurrar um lagarto voador", exemplificou.

"Mas pensamos, e se fôssemos estas personagens, se vivêssemos isto, teria havido elementos horríveis com repercussões durante anos". É isso, disse, que a série permite explorar.

Feige também disse que Sam Wilson e Bucky Barnes são tão importantes que mudanças ou evoluções neles "devem ter um grande impacto" no universo cinematográfico Marvel.

Além dos protagonistas, a série conta com Wyatt Russell no papel de John Walker, Emily VanCamp como Sharon Carter e Daniel Brühl como Zemo.

Há 10 séries Marvel planeadas para a Disney+ e os eventos nelas serão coordenados com os filmes do universo Marvel. Depois de "O Falcão e o Soldado do Inverno", a próxima a estrear-se será "Loki", a 11 de junho.

Leia Também: Três milhões para cinco longas-metragens em concurso do ICA de 2020

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório