Meteorologia

  • 16 DEZEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Cancelado por motivos de "segurança" leilão de obras de Miró

As obras de Joan Miró, que deveriam ser leiloadas esta terça-feira em Londres, foram retiradas de venda. Em causa está o facto de a leiloeira britânica Christie's recear que “as incertezas legais criadas pela disputa em curso signifiquem que a venda não possa ocorrer em segurança”, avança o Diário Económico.

Cancelado por motivos de "segurança" leilão de obras de Miró

Eram 85 os quadros de Joan Miró que hoje deveriam ser colocados em leilão, em Londres. No entanto, tal não vai acontecer hoje nem amanhã, ação esta que foi impedida pela leiloeira britânica Christie's, que alegou motivos legais.

Isto surge em "resultado da disputa perante o Tribunal português", do qual a Christie's diz não querer fazer "parte".

Aquela entidade britânica receia, assim, que “as incertezas legais criadas pela disputa em curso signifiquem que a venda não possa ocorrer em segurança”, o que pode pôr em causa a “responsabilidade [que a leiloeira tem] para com os seus compradores".

Como o Estado considera como "ilegalidade" o processo de venda das obras, a Christie's é "obrigada a retirar as obras da venda", explicou a empresa, esperando que as partes resolvam os seus diferendos a tempo.

Ainda assim, o leilão vai decorrer com normalidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório