Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 24º

João Cutileiro: Portugal perde "um expoente do mundo das artes"

O secretário-geral das Nações Unidas manifestou hoje "enorme pesar" pela morte de João Cutileiro, considerando que Portugal perde "um expoente do mundo das artes" e que a obra do escultor projeta-se além do âmbito nacional.

João Cutileiro: Portugal perde "um expoente do mundo das artes"


João Cutileiro morreu hoje, aos 83 anos, após ter estado internado num hospital de Lisboa com graves problemas do foro respiratório.

Numa mensagem enviada á agência Lusa, António Guterres afirma ter recebido a notícia do falecimento de João Cutileiro "com enorme pesar".

"Nesta hora dolorosa, envio sentidos pêsames à sua mulher e a todos os seus familiares. Com a partida de João Cutileiro, perco um amigo com quem partilhei momentos e conversas memoráveis inspirados pelo seu profundo sentido artístico", refere o secretário-geral das Nações Unidas e antigo primeiro-ministro de Portugal (1995/2002).

Para António Guterres, com a morte de João Cutileiro, "Portugal perde um expoente do mundo das artes e da cultura que deixa uma marca indelével no país".

"Mas a sua obra projeta-se além do âmbito nacional. Como sucede com os artistas da sua craveira, a riquíssima obra que João Cutileiro nos deixa continuará a ser motivo de inspiração e fará perdurar, com saudade, a sua memória e a sua presença", acrescenta o secretário-geral das Nações Unidas.

Leia Também: João Cutileiro "revolucionou a escultura", diz Graça Castanheira

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório