Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Livraria de língua portuguesa mais antiga da Alemanha celebra 40 anos

A livraria TFM -- Centro do Livro de Língua Portuguesa, a mais antiga da Alemanha, celebra 40 anos, com a ameaça da crise provocada pela pandemia da covid-19, mas sem deixar de receber encomendas.

Livraria de língua portuguesa mais antiga da Alemanha celebra 40 anos
Notícias ao Minuto

13:30 - 12/09/20 por Lusa

Cultura Literatura

"Em março e abril não foi fácil", confessou a proprietária, Petra Noack, explicando que apesar de terem fechado durante cinco semanas, "houve sempre pedidos, quer por telefone, quer através da página oficial da livraria".

Apesar de não ser o melhor ano para celebrações, a situação estabilizou-se em maio e, neste espaço, na cidade de Frankfurt, onde além de livros, há música e filmes em português, o ambiente é de otimismo.

"O que faz falta neste momento é o contacto pessoal durante os eventos que costumamos organizar aqui, na livraria, ou, por exemplo, na Feira do Livro de Frankfurt. Costumamos participar, mas este ano decidimos estar só como expositor virtual", contou Petra Noack à agência Lusa.

A oferta, proveniente de todos os países de língua portuguesa, também vem acompanhada de vinho português, livros em alemão de autores lusófonos, manuais para aprender português e publicações próprias.

"A língua e a literatura portuguesas continuam a representar um mercado de nicho na Alemanha, já que o ensino do idioma, com algumas exceções, não faz parte do currículo das escolas no país. O que tentamos fazer, e acho que com algum êxito ao longo dos anos, é despertar o interesse do público", adiantou a proprietária, dando como exemplo os eventos literários e a presença em feiras do livro.

A TFM -- Centro do Livro de Língua Portuguesa, foi fundada em maio de 1980 por Teo Ferrer de Mesquita. Petra Noack, licenciada em Românicas pela Universidade de Leipzig, com uma especialização em Ciências do Livro e dos Media feita na Universidade de Frankfurt, começou a trabalhar na livraria em 1998, como estagiária. É, desde abril de 2014, a proprietária.

"O objetivo de Teo Ferrer de Mesquita foi, desde o primeiro momento, a divulgação das culturas de língua portuguesa. Por isso, não se fixou apenas na livraria. Em colaboração com parceiros como a 'Alte Oper', a Biblioteca Municipal de Frankfurt, a Biblioteca Alemã, ou a Feira do Livro de Frankfurt, organizou concertos, exposições e leituras com autores brasileiros, portugueses, angolanos e moçambicanos", descreveu.

A atividade da TFM vai além de Frankfurt, com iniciativas em Hamburgo, Hannover ou Berlim, entre outras cidades alemãs.

"A TFM foi, e continua a ser, um projeto muito interessante. Exige muita energia e entusiasmo, mas conseguimos realizar muitos projetos e eventos interessantes, com autores como José Saramago, José Eduardo Agualusa, Ondjaki e Isabela Figueiredo, entre outros. É um trabalho muito gratificante também", confessou Petra Noack.

Os clientes da livraria vão desde o alemão interessado em aprender português, passando pelos falantes de língua portuguesa na Alemanha que procuram literatura e música no seu idioma, às escolas e universidades e outras livrarias que comercializam livros em línguas estrangeiras.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório