Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

Universidade do Porto recebe cátedra UNESCO no setor da cultura

A Universidade do Porto, através da Faculdade de Arquitetura (FAUP), recebeu a primeira cátedra UNESCO no setor da cultura que, tendo como vertentes o ensino, investigação e formação, vai incidir na gestão e conservação do património, foi hoje anunciado.

Universidade do Porto recebe cátedra UNESCO no setor da cultura
Notícias ao Minuto

15:24 - 29/06/20 por Lusa

Cultura Universidade do Porto

Em comunicado, a FAUP avança hoje que a cátedra UNESCO "Património, Cidades e Paisagens. Gestão Sustentável, Conservação, Planeamento e Projeto" visa promover "práticas inovadoras" na gestão e valorização do património cultural "em linha com os objetivos para o desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da ONU [Organização das Nações Unidas]".

"A atribuição desta Cátedra constitui um importante reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo de vários anos na FAUP e no Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo em prol da salvaguarda e valorização do património como um recurso e motor de desenvolvimento qualificado do território, das cidades e paisagens", refere a instituição.

Segundo a FAUP, a cátedra, a primeira da Universidade do Porto no setor da cultura, vai debruçar-se sobre a gestão e conservação do património cultural, bem como nos processos de planeamento e projeto com o intuito de "promover uma intervenção contemporânea qualificada nos recursos patrimoniais".

Citada no comunicado, a equipa de coordenação, liderada pela professora Teresa Cunha Ferreira, afirma que esta cátedra "trata-se não apenas da salvaguarda do património cultural, mas também de uma abordagem operativa da sua valorização e na construção de novos patrimónios, entendidos como vetor para o desenvolvimento sustentável das cidades, paisagens e território".

Além de promover "práticas inovadoras", a cátedra vai também apoiar a gestão e novos processos de nomeação de sítios Património Mundial em Portugal e internacionalmente, incluindo países com património de influência portuguesa, garante a FAUP.

"O projeto pretende constituir-se como uma plataforma aberta à participação, colaborativa e dinamizadora de redes de cooperação em contexto nacional e internacional", lê-se no comunicado.

A FAUP acrescenta ainda que a cátedra, que tem a duração de quatro anos e pode ser "renovada" mediante avaliação da UNESCO, integra um "vasto conjunto de iniciativas", entre elas uma unidade de formação interdisciplinar, encontros de investigação e disseminação do Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo.

"As iniciativas desenvolvidas no âmbito desta Cátedra pretendem desempenhar um contributo relevante na ligação à sociedade, reforçando o papel do património enquanto construção social e intrinsecamente ligado à identificação, valorização e reconhecimento pelas comunidades", conclui a FAUP.

O programa de Cátedras UNESCO UNITWIN, lançado em 1992, visa promover a cooperação entre universidades a nível internacional como forma de reforçar as capacidades institucionais através da partilha de conhecimento, sendo que a rede UNITWIN reúne mais de 700 instituições de 114 países.

Em Portugal, existem 13 cátedras UNESCO e, além desta mais recente atribuição, a Universidade do Porto conta também com a Cátedra "Vida na Terra", coordenada desde 2017 pelo Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório