Meteorologia

  • 09 JULHO 2020
Tempo
29º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Luso-americano lança série de vídeos de comédia sobre isolamento

O comediante lusodescendente Taylor Amarante lançou a série 'Poemas da Quarentena para o Luso-Americano', uma iniciativa de produção de vídeos sobre o isolamento enquanto os espetáculos ao vivo estão suspensos por causa do novo coronavírus.

Luso-americano lança série de vídeos de comédia sobre isolamento
Notícias ao Minuto

06:33 - 31/05/20 por Lusa

Cultura Pandemia

O primeiro vídeo da série chama-se 'No Festa for Me, No Festa for You' e é uma referência ao cancelamento de todas as celebrações da comunidade portuguesa nos Estados Unidos da América, devido à pandemia.

"É um poema de comédia sobre o que as pessoas não vão ter de aturar porque as festas foram canceladas", disse à Lusa Taylor Amarante, filho de açorianos nascido na Califórnia.

O comediante montou uma equipa de produção para esta iniciativa e pretende lançar "vídeos virais de comédia e sketches" para continuar a interagir com a comunidade durante o isolamento.

Na Califórnia, o estado norte-americano com a maior concentração de pessoas de origem portuguesa, dezenas de festas estão canceladas por causa das medidas de mitigação da covid-19.

A carreira de Taylor Amarante como comediante cresceu com atuações ao vivo, usando as referências de quem cresceu em casa de emigrantes portugueses, e o lusodescendente não tinha por hábito produzir vídeos cómicos.

Agora, além deste formato, a sua equipa está a ponderar a organização de um espetáculo de comédia em direto durante o verão, usando uma plataforma de 'streaming' para chegar à audiência de forma virtual. É um desafio, explicou o lusodescendente.

"Quando fazemos espetáculos ao vivo alimentamo-nos muito da reação da audiência", afirmou. "Não se vê muitos comediantes 'stand-up' a fazerem shows à frente de uma câmara no Zoom porque é difícil", acrescentou.

Sem datas concretas, o lusodescendente disse que a perspetiva temporal para voltar a fazer espetáculos com pessoas é incerta. "Neste momento, com os ajuntamentos considerados inseguros e a forma como as pessoas os receiam, não sei se vamos voltar à estrada até 2021", admitiu Amarante.

"Ficaria surpreendido se no Natal houvesse espetáculos", apontou. "Seria algo especial. Mas apenas se for seguro, não queremos apressar nada. Estaremos prontos para fazer as pessoas rir quando for o momento".

O comediante está também a trabalhar num novo formato do programa "Lusos on Lockdown" (Lusos em Confinamento) que produziu no Facebook Live durante sete semanas à sexta-feira, desde que as medidas de isolamento foram decididas nos Estados Unidos.

"Vamos regressar com um programa ao vivo, talvez com mais comédia", adiantou. Na primeira iteração, "Lusos on Lockdown" atraiu uma audiência de emigrantes portugueses em todo o mundo, desde o Canadá e Europa ao Brasil e Austrália, com alguns episódios a terem 400 espetadores em simultâneo.

"Tínhamos alguns segmentos com atualizações sobre negócios luso-americanos por todo o país, o que estavam a fazer para continuarem a servir e como as pessoas podiam apoiá-los", descreveu Taylor Amarante. "Tínhamos convidados e falávamos da herança portuguesa, partilhavam histórias engraçadas".

O programa incluía momentos cómicos, como pregar partidas por telefone aos pais de lusodescendentes, e entrevistas com empresários portugueses, atletas profissionais e donos de pequenos negócios.

"Quando ficamos sem aquilo de que gostamos, tentamos encontrar formas de continuar a fazê-lo, não apenas para nós, mas neste caso para os outros também", frisou.

O seu percurso como comediante começou há cinco anos, quando tirou cursos virados para esta arte. "Percebi que tendia a escrever comédia que tinha a ver com o meu crescimento numa família de emigrantes portugueses", revelou. A carreira levantou voo quando o trio The Portuguese Kids o convidou para ir em 'tour' fazer a primeira parte dos seus espetáculos.

"Muitas vezes são os não-portugueses que vêm ter comigo e dizem que percebem exatamente do que estou a falar", disse Amarante, salientando que a sua comédia se direciona não só aos luso-americanos, mas também aos seus cônjuges, amigos e família. Em muitos casos, estes "são os que apreciam mais porque se identificam".

Para lá da comédia, Amarante trabalha numa empresa de tecnologia e é anfitrião mediático do clube de futebol San Jose Earthquakes, onde entrevista os jogadores e produz conteúdos. Por falar português, o lusodescendente também esteve envolvido nos últimos anos na negociação de jogadores portugueses que passaram pelo clube californiano, incluindo Yannick Djaló em 2014.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 366 mil mortos e infetou mais de 6 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (para cima de 103.472) e mais casos de infeção confirmados (mais de 1,7 milhões).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório