Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

'Leituras e papas de aveia' vence Prémio de Literatura Infantil

O conto 'Leituras e papas de aveia', de António Pedro Martins, venceu a sétima edição do Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce, na categoria de texto, foi hoje anunciado.

'Leituras e papas de aveia' vence Prémio de Literatura Infantil
Notícias ao Minuto

18:01 - 05/05/20 por Lusa

Cultura Pingo Doce

Apurado o vencedor do texto, inicia-se agora a fase do concurso na categoria de ilustração, para escolher quem irá ilustrar este conto infantil.

O Prémio de Literatura Infantil foi criado em 2014 por aquela empresa do retalho alimentar e tem um valor monetário de 50 mil euros, a repartir em partes iguais pelos autores do texto e da ilustração.

O conto premiado aborda "a importância de ler e aprender com o que os livros têm para nos ensinar, e a ideia de que não podemos dizer que não gostamos das coisas sem as conhecer", explica o autor António Pedro Martins, citado no comunicado da organização.

Segundo o júri, 'Leituras e papas de aveia' "prende a atenção pela ternura e criatividade com que explora o imaginário infantil sempre povoado de medos e monstros".

António Pedro Martins, nascido em Coimbra e a viver em Condeixa-a-Nova, tem formação em Escultura e é professor de Educação Visual, estreando-se agora como autor.

A vertente de ilustração do prémio literário decorrerá entre maio e junho e o vencedor será anunciado em julho. A obra premiada será publicada em novembro e estará à venda "nas mais de 400 lojas Pingo Doce do país".

De acordo com o regulamento, o prémio destina-se a obras inéditas em língua portuguesa e dirigidas a leitores entre os 6 e os 12 anos.

A atribuição do prémio é feito sob condição de os autores transmitirem "na sua totalidade e de forma definitiva, os correspondentes direitos patrimoniais de autor" ao Pingo Doce, que fica com "o direito exclusivo de utilizar as obras a nível comercial, sob todas as formas e em todas as modalidades".

Nesta sétima edição do prémio, o júri da categoria de texto integrou Leonor Riscado, Mário Cordeiro, Laurinda Alves, Rosário Araújo e Sara Miranda.

O júri na categoria de ilustração integra André Letria, Jorge Nesbitt, Jorge Silva, Paula Tavares e Sara Miranda.

Em edições anteriores, o prémio permitiu a publicação de, entre outros, 'O protesto do lobo mau', de Maria Leitão e Pedro Velho, 'O narciso com pelos no nariz', de Andreia Pereira e Ana Granado, e 'Orlando, o caracol apaixonado', de Sérgio Mendes e Elias Gato.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório