Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 20º

Edição

Exposições de fotografia abrem Encontros de Política e Imagem de Lagoa

A inauguração de exposições dos fotógrafos Augusto Brázio, Paulo Catrica, Valter Vinagre, Lara Jacinto e João Pina assinalam a abertura dos primeiros Encontros Política e Imagem de Lagoa, que se realizam entre quarta-feira e sábado, na cidade algarvia.

Exposições de fotografia abrem Encontros de Política e Imagem de Lagoa
Notícias ao Minuto

12:30 - 14/01/20 por Lusa

Cultura Fotografia

Promovidos pela Câmara Municipal de Lagoa, os primeiros Encontros de Política e Imagem de Lagoa são um "projeto cultural", inserido na "estratégia do executivo" municipal de "promoção das noções da liberdade, democracia, igualdade e participação cívica", que estão também na base da construção da Casa da Cidadania de Lagoa, disse à agência Lusa a vereadora com a tutela da Cultura na Câmara de Lagoa, Ana Martins.

"Estes encontros são fruto de residência artística de quatro fotógrafos de reconhecido valor, desde o Augusto Brázio, o Paulo Catrica, o Valter Vinagre e a Lara Jacinto, bem como de um projeto de João Pina", disse a vereadora, referindo-se em último lugar à exposição que esse fotógrafo apresentará no edifício da Casa da Cidadania, denominada "Caminantes" e que se debruça sobre os emigrantes venezuelanos na Colômbia.

Ana Martins lembrou que "os quatro primeiros fotógrafos estiveram em Lagoa" a participar numa residência artística e recolheram imagens da vida local, pondo em foco temas de atualidade como o "movimento associado a migrações" ou as "expressões confessionais" existentes neste município pertencente ao distrito de Faro, salientou o coordenador do projeto, Paulo Lima.

"O primeiro dia é um momento importante, porque abrimos as exposições e vamos lançar os cadernos da coleção da Casa da Cidadania, que são os cinco portefólios - ou os cinco projetos fotográficos - que foram construídos" pelos fotógrafos, afirmou Paulo Lima.

A mesma fonte destacou ainda a realização de uma conferência de Alejandro Castellote, que qualificou como "um grande curador internacional na área da fotografia" e que irá dar uma "conferência sobre a relação entre a fotografia e a palavra e mostrando a relação entre a política e a imagem".

Na quinta-feira, será feita uma apresentação um "pouco mais desenvolvida" do projeto museológico digital da "Casa da Cidadania, que vai ser instalada nos antigos Paços do Concelho de Lagoa" para "contar a história da construção do concelho e enaltecer a cidadania como marca de Lagoa" e é classificada por Paulo Lima como "outro grande momento" dos Encontros de Política e Imagem.

"E por fim, no último dia, vamos encerrar, não apenas com a presença da senhora ministra da Cultura, Graça Fonseca, mas com uma conferência do jornalista José Manuel Rosendo, que faz a relação com o projeto fotográfico de João Pina sobre os refugiados venezuelanos na Colômbia e com a sua experiência no Médio Oriente", assinalou ainda o coordenador do projeto.

Paulo Lima falou ainda da exposição de "Valter Vinagre, na igreja de nossa senhora da Luz, que fotografou as seis confissões religiosas presentes em Lagoa" e trazem a o diálogo inter-religioso para estes Encontros, onde ainda se poderá assistir a "uma conferência de um dos poucos filósofos portugueses, o Mário Santiago de Carvalho, da Universidade de Coimbra, que vai falar de como a política deve servir para fazer o bem", apontou.

"Num tempo em que se desconfia da política, importa mostrar a dignidade do ato político e a importância e dignidade da política e da cidadania para promover a igualdade de género, o diálogo entre civilizações e culturas", considerou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório