Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Três Tristes Tigres apresentam tema do novo álbum que chega em 2020

Os Três Tristes Tigres lançam um novo álbum na primavera, do qual é divulgado hoje o tema 'Galanteio', porque houve vontade de procurar uma sonoridade que os coloca no presente, como contou o guitarrista Alexandre Soares à Lusa.

Três Tristes Tigres apresentam tema do novo álbum que chega em 2020
Notícias ao Minuto

13:40 - 20/11/19 por Lusa

Cultura Música

"A ideia era mesmo esta: Era para fazer [retomar a banda] se nos sentíssemos frescos e com capacidade de fazer coisas novas. Senão, não voltávamos atrás, não voltávamos ao nome", explicou o músico.

Ana Deus, Alexandre Soares e a escritora Regina Guimarães são o núcleo duro dos Três Triste Tigres, um grupo de música rock cuja existência se fixou nos anos 1990, tendo editado três álbuns: 'Partes Sensíveis' (1993), 'Guia Espiritual' (1996) e 'Comum' (1998), e a compilação 'Visita de estudo' (2001).

Duas décadas depois, nas quais Ana Deus e Alexandre Soares desviaram o trabalho criativo para vários projetos incluindo o duo Osso Vaidoso, voltam a estúdio recuperando a identidade Três Tristes Tigres.

À Lusa, Alexandre Soares explicou que o entusiasmo do trabalho de composição sucedeu ao regresso aos palcos, em 2017, quando foram convidados para um concerto no Teatro Rivoli, no Porto, para interpretar 'Guia espiritual', considerado o melhor da discografia.

"Mantém-se a mesma vontade de procurar um som que fosse o que éramos na altura e agora é o som que somos hoje. Não estou a procurar nenhuma ligação ao passado. Estou mesmo no que estou a fazer agora e a Ana também", disse.

Sobre o novo álbum, Alexandre Soares explicou que Regina Guimarães volta a assinar as letras e que, do ponto de vista musical, entram guitarra elétrica e acústica, mas também sintetizadores modulares e analógicos.

"Apeteceu-me fazer um som maior. E esse desafio puxou-me um bocado, ver como é que estava hoje a fazer um som desse género. Gosto de trabalhar o som e foi aí que andei a criar timbres", explicou.

O álbum está aprazado para fevereiro ou março e o alinhamento não está totalmente fechado, porque "estão a surgir músicas novas".

"Começámos a encontrar o som que queríamos. [...] Tem o lado da eletrónica, que entrou, voltei a essa parte, mas a parte das guitarras está muito presente, e a abordagem à percussão e ao baixo, e à forma como isto cola com a voz, difere. Tem músicas mais duras, mais guitarra, mais eletrónica, mais ambientais", descreveu.

Alexandre Soares volta a um grupo que sabe que, atualmente, pouca gente conhece.

"Grande parte do público não nos conhece de nenhum lado. Há uns que nos conhecem de trás e vão ver, outros que começam a perceber que já existia e vão lá, mas depois gente nova que nunca ouviu falar em nós", admitiu.

A formação atual dos Três Tristes Tigres integra Ana Deus, Alexandre Soares, Rui Martelo (baixo), Miguel Ferreira (teclista) e JP Coimbra (bateria).

Na próxima semana será divulgado outro tema novo, com Fred Ferreira convidado para tocar na bateria, e em janeiro serão revelados mais dois temas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório