Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Xutos & Pontapés editam compilação pelos 40 anos

Os Xutos & Pontapés editam no dia 15 uma compilação com 40 músicas para celebrar 40 anos, revelou a editora Universal Music.

Xutos & Pontapés editam compilação pelos 40 anos
Notícias ao Minuto

15:00 - 06/11/19 por Lusa

Cultura Xutos & Pontapés

"40 anos a dar no duro" é um duplo álbum que "reúne as 40 músicas mais marcantes da carreira dos Xutos & Pontapés, alinhadas por ordem cronológica", refere a editora.

Assim, a coletânea começa por 'Sémen', o primeiro 'single' da banda, com letra de Zé Lionel e música de Tim, lançado em 1981 pelo radialista António Sérgio e produtor do álbum de estreia, '78/82', editado em 1982.

O alinhamento de celebração dos 40 anos dos Xutos & Pontapés fecha com 'Mar de Outono', tema retirado de 'Duro', o mais recente álbum de originais da banda, editado em janeiro passado.

Os Xutos & Pontapés, que deram o primeiro concerto a 13 de janeiro de 1979 em Lisboa, têm andado atualmente a fazer uma digressão acústica - a 'XL Tour - 40 Anos' - que passará esta semana pela capital, com dupla atuação na sexta-feira e no sábado no grande auditório da Culturgest.

A edição da compilação acontece ainda numa altura em que acaba de sair o primeiro volume da biografia do grupo, intitulada 'À Minha Maneira', escrita pela jornalista Ana Ventura a partir de histórias contadas pelos músicos.

O livro começou a ser preparado em 2010 e partiu de uma ideia do guitarrista Zé Pedro, que morreu em 2017.

O primeiro volume de 'À Minha Maneira' conta a história da banda entre 1979 e 1999. O espaço temporal vertido no segundo volume "está em aberto, mas será pelo menos até 2020".

Este mês sairá também uma nova biografia ilustrada dedicada a Zé Pedro, de André Rito e Pedro Lourenço.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório