Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Lagos homenageia Sophia de Mello Breyner com mega pinturas

Dois murais de arte urbana de grandes dimensões foram pintados em edifícios da cidade de Lagos (Algarve), para assinalar o centenário do nascimento da poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen, a primeira mulher portuguesa a receber o Prémio Camões.

Lagos homenageia Sophia de Mello Breyner com mega pinturas
Notícias ao Minuto

06:34 - 04/11/19 por Lusa

Cultura Arte urbana

As mega pinturas do rosto da poetisa foram executadas pelo artista de arte urbana João Samina, através da técnica stencil, numa iniciativa da Câmara de Lagos e da associação cultural Laboratório de Atividades Criativas (LAC).

Um dos murais, com cerca de quatro metros de altura e oito de largura, foi pintado na Escola Básica Sophia de Mello Breyner Andresen, em agosto, e outro com cerca de 15 metros de altura e cinco de largura, em outubro, na fachada de um edifício perto do mercado municipal de Santo Amaro.

Em declarações à agência Lusa, João Samina disse que se sente honrado por ter sido convidado a integrar a homenagem de Lagos a uma figura tão importante da literatura portuguesa, como é Sophia de Mello Breyner.

"É uma honra porque gosto dos textos e do trabalho e também por fazer estas obras em Lagos, uma cidade à qual tenho uma ligação muito forte e que frequento regularmente desde 2013 para colaborar em projetos com o LAC", referiu o artista de arte urbana.

Para João Samina, este é um tipo de trabalho que gosta de fazer, motivando-o e que se ajusta à sua forma de trabalhar: "Normalmente tento contar uma história que me convença e motive a produzir o trabalho. Este é desses projetos e foi muito fácil ligar os pontos e arranjar os paralelos entre a relação de ambos, da poetisa e a minha, com a cidade".

Para a execução dos rostos foi utilizado o stencil, técnica de desenho e recorte para a reprodução de uma matriz, e rolos e tinta plástica para os restantes elementos e acabamento.

Cada obra demora em média três semanas para ser executada, sendo duas de preparação da "tela" e outra para a realização das mega pinturas.

De acordo com o presidente do Laboratório de Atividades Criativas (LAC), Nuno Pereira, a escolha de João Samina para a realização das obras, deveu-se ao reconhecimento das suas pinturas, e que estão espalhadas um pouco por todo o país".

"Dada a personalidade homenageada, a sua ligação a Lagos e o legado que deixou na cultura portuguesa, achámos que João Samina era o artista que reunia todas as condições para a execução das duas obras do rosto da poetisa", sublinhou.

O responsável indicou que os dois murais resultam de três projetos apresentados pela associação à Câmara Municipal para assinalar o centenário do nascimento da poetisa, duas obras do rosto e uma outra de um poema dedicado a Lagos, que será concretizado num espaço da cidade ainda a definir".

"Estamos a estudar o espaço para colocar o poema, porque procuramos que as obras estejam colocadas em locais de grande visibilidade. Daí termos escolhido a escola que tem o nome da homenageada e o local perto do mercado de Santo Amaro, zonas com grande movimentação, tanto de residentes como de turistas", concluiu.

Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu em 06 de novembro de 1919, no Porto, e faleceu a 02 de julho de 2004, tendo sido a primeira mulher portuguesa a receber o galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório