Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Festival Literário de Óbidos debate igualdade de género no trabalho

Mais de 150 alunos, professores e empresários vão debater em Óbidos a igualdade de oportunidades para homens e mulheres no mercado de trabalho, meta que segundo estudos internacionais vai demorar mais de um século a ser conseguida.

Festival Literário de Óbidos debate igualdade de género no trabalho
Notícias ao Minuto

17:58 - 14/10/19 por Lusa

Cultura Festival Literário de Óbidos

O debate subordinado ao tema 'O nosso tempo e os medos que o povoam, as perspetivas de futuro' vai realizar-se na terça-feira numa mesa redonda integrada na programação do Folio -- Festival Literário internacional de Óbidos, que contará com a participação de Joana Gíria, presidente da CITE-Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego.

Fonte da organização disse à agência Lusa estarem registadas mais de 150 inscrições, entre alunos de escolas da região e proprietários de empresas.

O objetivo é juntar futuros trabalhadores (alunos) e empregadores a refletir "sobre o facto de não haver profissões só para homens ou só para mulheres" e a assumir, segundo a CITE, que "as profissões são para pessoas".

Uma reflexão cuja pertinência se acentua ao atentar nos indicadores do Gender Gap Report 2018, divulgados pelo Fórum Económico Mundial, e que apontam para que o "gender gap" (diferença entre a forma como a sociedade trata os homens e as mulheres) só desapareça dentro de 108 anos, no grupo de 106 países que são analisados desde 2006.

O relatório, a que a Lusa teve acesso, aponta as desigualdades ao nível da participação económica e administrativa como "as mais difíceis de combater", embora "a lacuna da oportunidade económica tenha reduzido ligeiramente" e se registem progressos lentos "em termos de participação das mulheres na força de trabalho".

A mesa redonda está integrada no programa do Folio Mais, um dos capítulos do Festival Literário Internacional que decorre em Óbidos até ao próximo domingo.

Sob o tema 'O Tempo e o Medo' o Folio contempla mais de 450 horas de programação com 210 iniciativas em torno da literatura.

Mais de meio milhar de convidados de quatro continentes participam em 16 mesas de escritores, 12 exposições e 13 concertos.

Organizado em cinco capítulos (Autores, Folia, Educa, Ilustra e Folio Mais) o festival teve a sua primeira edição em 2015, num investimento de meio milhão de euros, comparticipados por fundos comunitários, sendo desde então custeado pela autarquia e por parceiros institucionais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório